SEMEADURA DA LINHAÇA MARROM EM DIFERENTES ESPAÇAMENTOS

Felipe Samways Santos, Luiz Antonio Zanão Junior, Patrícia Pereira Dias, Reginaldo Ferreira Santos, Natália Pereira

Resumo


Este trabalho buscou avaliar a influência do espaçamento entre linhas nas características fenométricas da linhaça marrom (Linum usitatissimum L.). O experimento foi conduzido em área experimental localizada em São Miguel do Iguaçu –PR. A semeadura da linhaça marrom foi realizada manualmente no dia 10 de maio de 2013. Os tratamentos foram aplicados observando os seguintes espaçamentos entre linhas: (0,15; 0,30; 0,45 e 0,60 m.). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro tratamentos três repetições. As características fenométricas avaliadas foram: altura de planta, massa fresca e seca de planta, número de cápsulas, número de sementes e massa seca de sementes. Os resultados permitiram concluir que apenas o número de sementes foi afetado significativamente em função dos tratamentos aplicados. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v3i2.10626

Direitos autorais



Revista Acta Iguazu


ISSN 2316-4093 (versão eletrônica)

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Energia na Agricultura

Rua Universitária, 1619 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110
E-mail: revista.actaiguazu@unioeste.br