Alternativas ao uso de cianamida hidrogenada na indução da brotação de gemas em macieiras ‘maxi gala’

Suelen Cristina Uber, José Luiz Petri, Aike Anneliese Kretzschmar, Everlan Fagundes, Daiane Correa, Fabiane Nunes Silveira

Resumo


O principal manejo na cultura da macieira para compensar a falta de frio em regiões de clima ameno é o uso de indutores de brotação. O objetivo do trabalho foi comparar novos indutores de brotação como alternativa à cianamida hidrogenada em macieiras ‘Maxi Gala’. Os experimentos foram conduzidos durante os ciclos agrícolas de 2014/15, 2015/16 e 2016/17, no pomar da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI) - Estação Experimental de Caçador-SC. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com 11 tratamentos e cinco repetições. Tratamentos: 1 - Controle; 2 - Óleo Mineral (OM) 3,5%; 3 - Break-Thru® 0,03% + OM 3,5% 4 - Dormex® 0,7% + OM 3,5%; 5 - Syncron® 1,0% + OM 3,5%; 6 - Erger® 1,0% + OM 3,5%; 7 - Bluprins® 1,0% + OM 3,5%; 8 - Brotex® 1,0 + OM 3,5%; 9 - Syncron® 2% + nitrato de cálcio 3,0%; 10 - Erger® 3,0% + nitrato de cálcio 3,0% e 11 - OM 3,5% + nitrato de cálcio 3,0% + nitrato de amônio 3,0%. Foram avaliadas a fenologia, porcentagem de brotações e produção. Os tratamentos compostos por Erger® + OM, Erger® + Ca(NO3)2 e Syncron® + Ca(NO3)2 podem ser utilizados como alternativa ao Dormex® + OM. Os tratamentos OM, Break-Thru® + OM, Bluprins® + OM, Brotex® + OM e OM + Ca(NO3)2 + NH4NO3 são promissores como indutor de brotação. O tratamento com Syncron® + OM não é indicado como indutor de brotação na concentração estudada.


Palavras-chave


Malus domestica Borkh, fruteiras de clima temperado, brotação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v8i3.21087

Direitos autorais 2019 Acta Iguazu

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Acta Iguazu


ISSN 2316-4093 (versão eletrônica)

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Energia na Agricultura

Rua Universitária, 1619 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110
E-mail: revista.actaiguazu@unioeste.br