ASPECTOS FILOSÓFICOS NA LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO

Wender FALEIRO, Magno Nunes FARIAS

Resumo

Na institucionalização da Licenciatura em Educação do Campo se torna fundamental a construção do Projeto Político-Pedagógico (PPP), que é constituído com base em fundamentos filosóficos, que trazem questões sobre como essa instituição reflete e concebe a realidade do campo, bem como concepções dos sujeitos do campo, do território, da educação e dos próprios Educadores do Campo. Sendo assim, o objetivo aqui posto foi resgatar e trazer reflexões sobre esses fundamentos filosóficos do PPP da LEdoC da UFG, a partir de uma Pesquisa Documental, utilizando a Análise de Conteúdo. Nota-se que o PPP desenvolve uma filosofia da Educação do Campo ou filosofia do homem do campo para embasar suas concepções acerca dos processos educativos da LEdoC, concebe uma formação voltada para a realidade concreta do campo brasileiro, frisando a importância da vinculação a cultura e aos modos de vida dos sujeitos. Há, porém, problemáticas, como no processo de construção do documento (que não reflete uma perspectiva coletiva), e a dificuldade de se materializar no mesmo questões que marcam a Educação do Campo de maneira mais radical, como questões relacionadas a reforma agrária e formação de intelectuais com consciência de classe trabalhadora.

Palavras-chave

Filosofia; Educação do Campo; Licenciatura; Projeto político-pedagógico.

Texto completo:

PDF