Correntes teóricas do século XX e as dificuldades de efetivação da justiça social no Brasil

Lara Góes

Resumo


Resumo: Este artigo visa dispor de algumas correntes teóricas do século XIX que se preocuparam em compreender as dificuldades de efetivação da justiça social.  Primeiramente analisarei as teorias descritivo-normativas e posteriormente verificarei como os intérpretes brasileiros trouxeram a discussão teórica para as reivindicações de igualdade no Brasil. Assim podemos compreender como se desenvolveu a trajetória da cidadania no Brasil e ressaltar que embora tenhamos conseguido alcançar, entre altos e baixos, um sistema democrático de igualdade de direitos, sua efetivação de forma mais abrangente ainda não se efetivou em sua integralidade.

 


Palavras-chave


Cidadania; Desigualdades sociais

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Alamedas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Alamedas - Revista Eletrônica de Filosofia


e-ISSN 1981-0253

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Toledo

Rua da Faculdade, 645 - Jardim La Salle

CEP: 85903-000 – Toledo-Paraná-Brasil

Fone: (45) 3379-7071

| revistaalamedas@gmail.com |