Algumas Impressões acerca da mímesis e do sujeito fraturado

Vera Regina Vargas Dupont

Resumo

Este trabalho tem por objetivo realizar a verificação do novo conceito de mímesis e de sujeito fraturado, propostos por Luiz Costa Lima (2000), fazendo uma reflexão por meio da leitura da obra Notas de Subsolo, do escritor russo Dostoievski, bem como do conto “Felicidade”, de Luis Vilela. Deste modo, pretende-se realizar uma análise bibliográfica para verificar como esses novos conceitos perpassam a complexidade humana, expressa na figura do narrador, o Homem do Subsolo, que demostra perturbação e pessimismo acerca das relações humanas, bem como um profundo pesar que expressa sobre seu próprio fracasso existencial.  Para a consecução desta análise, tomar-se-á como embasamento teórico autores como Schopenhauer (2013) e Foucault (2008), dentre outros.

Palavras-chave

Mímesis; sujeito-fraturado; Literatura.

Texto completo:

PDF