A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA: DA INTENCIONALIDADE SEM UTILITARISMOS

Kathelyn Kalyna Belli, Patricia Canabarro Coelho de Moraes, Ulisses Matheus Felipe Pessoa

Resumo

Por meio deste artigo, objetivamos  provocar reflexões sobre a função social da escola, bem como contribuir com as discussões acerca da educação, no sentido de revelar a indissociável relação entre os conteúdos científicos, artísticos e filosóficos e a gradativa emancipação humana. Para este intento, expomos considerações históricas sobre o acesso ao conhecimento e a finalidade da educação como instrumento de luta, considerando a significação das apropriações e objetivações produzidas historicamente e como os conhecimentos nas suas potencialidades máximas estão articulados politicamente. O trabalho prioriza a perspectiva metodológica de revisão bibliográfica e estabelece levantamentos de autores que possuem receptividade no que tange a proposta em tela.

Palavras-chave

Educação; Função social; Emancipação humana.

Texto completo:

PDF