OS VÁRIOS SENTIDOS PRESENTES NO HINO DA CIDADE DE FOZ DO IGUAÇU-PR

Tupiara Guareschi Ykegaya

Resumo

É a partir da perspectiva da Análise do Discurso (AD) francesa que se propõe uma análise do hino do município de Foz do Iguaçu-PR, percebendo a construção de determinados sentidos em consonância com certas ideologias. Tendo como referencial a AD francesa, tenta-se estabelecer o campo do discurso: ele é acontecimento; o discurso não é resultado de uma soma de elementos combinados segundo certas regras estruturais, mas um fenômeno de emergência que se materializa na instância de enunciação, cuja expressão unitária é o enunciado. O discurso é, antes de tudo, produtor de sentidos, eis sua função. O hino, enquanto discurso, carrega o sentido produzido pela ideologia da sociedade moderna ocidental em prol do estado, enquanto veículo de unicidade, de racionalidade e progresso. O hino passa a ser uma narrativa da nação, por isso, identifica-se no seu propósito, a mesma intenção de unificação, de significação e legitimação do passado e do presente. O hino, dimensão menor, está se referindo a uma cidade com características específicas, contudo, obedece a mesma lógica.

Texto completo:

PDF