Agroecologia: Conceitos, princípios e sua multidimensionalidade

Luciano Zanetti Pessôa Candiotto

Resumo


A proposta de discutir o conceito de agroecologia, considerando princípios e concepções, com base em publicações de pesquisadores e em documentos de instituições vinculadas a questão alimentar, agrária e ambiental, norteou a elaboração deste artigo. Além da clássica discussão sobre a agroecologia enquanto ciência, prática e movimento social, também são abordados os seguintes aspectos da agroecologia: sua multidimensionalidade; seu caráter multidisciplinar; sua multiescalaridade; e sua possível contribuição em um processo de transformação social. Defende-se a ideia de que a agroecologia é uma agricultura praticada por camponeses, pois apesar de ter nascido enquanto uma ciência, é resultante de diversas práticas sócio-culturais populares. Do ponto de vista escalar e geográfico, a agroecologia tem se materializado, sobretudo, em estabelecimentos agropecuários, que preferimos denominar Núcleos de Vida e Gestão Familiares (NVGF), e que fazem parte da escala geográfica denominada nanoterritorial (SOUZA, 2013). No entanto, ações de apoio e fortalecimento à agroecologia também têm se manifestado em outras escalas, como a microlocal, municipal, estadual, nacional, internacional etc. Considerando que, em torno do termo agroecologia, existe um amplo campo de disputas e de relações de poder, levando a um risco de cooptação da agroecologia por instituições e empresas vinculadas à lógica capitalista, entende-se que é preciso lutar por ela, defendendo-a enquanto uma possível ferramenta para a soberania alimentar e territorial e, quem sabe, para o fortalecimento da autonomia camponesa.


Palavras-chave


agroecologia; multidimensionalidade; políticas; soberania alimentar; camponês

Texto completo:

PDF

Referências


ALTIERI, Miguel. Agroecology: The Science of Sustainable Agriculture. Boulder, CO: Westview Press, 1995.

ALTIERI, Miguel. Agroecologia: a dinâmica produtiva da agricultura sustentável. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2000.

ALTIERI, Miguel. Linking ecologists and traditional farmers in the search for sustainable agriculture. Frontiers in Ecology and the Environment, nº 2, pp. 35-42, 2004.

ALTIERI, Miguel; TOLEDO, Victor M. The agroecological revolution of Latin America: rescuing nature, securing food sovereignty and empowering peasants. The Journal of Peasant Studies, v. 38, nº 3, pp. 587-612, 2011.

AMIGOS DE LA TIERRA. Agroecología: innovaciones para sistemas agrícolas y alimentarios sustentables. Serie Quien se beneficia? 2018. Disponível em: . Acesso em 19/11/2018.

CAPORAL, Francisco R.; COSTABEBER, José A. Agroecologia: alguns conceitos e princípios. Brasília: MDA/SAF/DATER-IICA, 2004.

CAPORAL, Francisco R.; COSTABEBER, José A. e PAULUS, Gervásio. Agroecologia: matriz disciplinar ou novo paradigma para o desenvolvimento rural sustentável. Brasília (DF), 2006. Disponível em: . Acesso em 16/08/2011.

CASADO, Gloria Guzman; GONZALEZ DE MOLINA, Manuel; GUZMAN, Eduardo Sevilha. Introducción a la agroecología como desarrollo rural sostenible. Madrid: Mundi-Prensa, 2000.

CIDSE. Os princípios da agroecologia: rumo a sistemas alimentares justos, resilientes e sustentáveis. Bruxelas, 2018.

EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). Marco referencial em Agroecologia. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2006.

FRANCIS, Charles A.; LIEBLEIN, Geir; GLIESSMAN, Stephen. R.; BRELAND, T. A.; CREAMER, N.; HARWOOD, R.; SALOMONSSON, Lennart; HELENIUS, Juha; RICKERL, D.; SALVADOR, R.; WIEDENHOEFT, M.; SIMMONS, S.; ALLEN, P.; ALTIERI, Miguel.; FLORA, Cornelia; POINCELOT, R. Agroecology: The ecology of food systems. Journal of Sustainable Agriculture, v. 22, nº 3, pp. 99-118, 2003. DOI: 10.1300/J064v22n03_10.

GABOARDI, Shaiane C.; CANDIOTTO, Luciano Z. P. O caráter interdisciplinar e o potencial transformador da agroecologia. In: XI Encontro Nacional da Associação de Pós-graduação e Pesquisa em Geografia, 2015, Presidente Prudente, SP. Anais... Dourados, MS: UFGD Editora, 2015, p. 6744-6757.

GIRALDO, Omar F.; ROSSET, Peter M. La agroecología en una encrucijada: entre la institucionalidad y los movimientos sociales. Guaju, v. 2, nº 1, pp. 14-37, 2016.

GIRALDO, Omar F.; ROSSET, Peter M. Agroecology as a territory in dispute: Between institutionality and social movements. Journal of Peasant Studies, v. 45, nº 3, pp. 545-564, 2018. DOI: 10.1080/03066150.2017.1353496.

GIRALDO, Omar. Ecología política de la agricultura. Agroecología y posdesarrollo. San Cristóbal de Las Casas, Chiapas, México: El Colegio de la Frontera Sur, 2018.

GLIESSMAN, Stephen. Agroecologia: processos ecológicos em agricultura sustentável. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2001.

GLIESSMAN, Stephen. Agroecology: the ecology of sustainable food systems. CRC Press, Taylor & Francis, New York, USA, 2007.

GLIESSMAN, Stephen. Defining Agroecology. Agroecology and Sustainable Food Systems, v. 42, nº 6, pp. 599-600, 2018. DOI: https://doi.org/10.1080/21683565.2018.1432329.

HECHT, Susanna B. The evolution of agroecological thought. In: ALTIERI, Miguel (org.), Agroecology: the science of sustainable agriculture. Westview Press, Boulder, CO, USA, 1995, p. 1–19.

HIGH LEVEL PANEL OF EXPERTS (HPLE). Sustainable agricultural development for food security and nutrition: what roles for livestock? A report by the High Level Panel of Experts on Food Security and Nutrition of the Committee on World Food Security. Rome, 2016. Disponível em: . Acesso em 25/11/2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Agropecuário 2017. Disponível em: . Acesso em 23/03/2020.

LEFF, Enrique. Ecología y capital: racionalidad ambiental, democracia participativa y desarrollo sustentable. Mexico: Siglo Veintiuno Ed. 1994.

LEFF, Enrique. Agroecologia e saber ambiental. Revista Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável. Porto Alegre, v.3, nº 1, pp. 36-51, 2002.

MAZZOLENI, Eduardo M.; NOGUEIRA, Jorge M. Agricultura orgânica: características básicas do seu produtor. Revista de Estudos Rurais (RER). Rio de Janeiro, v. 44, nº 2, pp. 263-293, 2006.

MIER, Mateo; CACHO, Terán G.; GIRALDO, Omar F.; ALDASORO, Miriam; MORALES, Helda; FERGUSON, Bruce G.; ROSSET, Peter; KHADSE, Ashlesha; CAMPOS, Carmen. Bringing agroecology to scale: key drivers and emblematic cases. Agroecology and Sustainable Food Systems, v. 42, nº 6, pp. 637-665, 2018. DOI: 10.1080/21683565.2018.1443313

MOLINA, Manuel González de. Introducción a la Agroecología. Cuadernos Técnicos SEAE, 2011.

PETERSEN, Paulo; SILVEIRA, Luciano M. da; FERNANDES, Gabriel B.; ALMEIDA, Silvio G. Método de análise econômico-ecológica de Agroecossistemas. Articulação Nacional de Agroecologia (Brasil). Rio de Janeiro: AS-PTA, 2017.

ROSSET, Peter; ALTIERI, Miguel. Agroecologia: ciência e política. SOCLA, 2018.

SICARD, Tomás L. Agroecología: desafíos de una ciencia ambiental en construcción. In: ALTIERI, Miguel (org.). Vertientes del pensamiento agroecológico: fundamentos y aplicaciones. Medellín, Colômbia: SOCLA, 2009.

SOUZA, Marcelo L. de. Os conceitos fundamentais da pesquisa sócio-espacial. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2013.

STÉDILE, João P.; CARVALHO, Horacio M. de. Soberania limentar: Uma necessidade dos povos. In: BRASIL (Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome). Fome Zero: Uma história Brasileira. Brasília, DF, Assessoria Fome Zero, v. 3, 2010, p. 144 a 156.

TOLEDO, Victor. A agroecologia é uma revolução epistemológica. Entrevista de Diana Quiroz. Agriculturas, v. 13, nº 1, pp. 42-45, 2016.

VAN DER PLOEG, Jan D. The drivers of change: the role of peasants in the creation of an agro-ecological agriculture. Agroecología Politica, v. 6, pp. 47-54, 2011.

VAN DER PLOEG, Jan D. Peasant-driven agricultural growth and food sovereignty. The Journal of Peasant Studies, v. 41, nº 6, pp. 999-1030, 2014. DOI: 10.1080/03066150.2013.876997.

WEZEL, Alexander; BELLON, Stéphane; DORÉ, Thierry; FRANCIS, Charles; VALLOD, Dominique, DAVID, Christophe. Agroecology as a science, a movement and a practice. A review. Agronomy for Sustainable Development, v. 29, nº4, pp. 503-515, 2009. DOI: 10.1051/agro/2009004.

WEZEL, Alexander; MIGLIORINI, Paola. Converging and diverging principles and practices of organic agriculture regulations and agroecology. A review. Agronomy for Sustainable Development, v. 37, nº 63, pp. 1-18, 2017. DOI: https://doi.org/10.1007/s13593-017-0472-4.




DOI: https://doi.org/10.48075/amb.v2i2.26583

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 AMBIENTES: Revista de Geografia e Ecologia Política

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

AMBIENTES: Revista de Geografia e Ecologia Política

ISSN: 2674-6816

Rede de Pesquisadores em Geografia (Socio)Ambiental/RP-G(S)A

e UNIOESTE - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Programa de Pós-Graduação em Geografia

Rua Maringá, 1200

Francisco Beltrão – Paraná - CEP: 85601-670

| revista.ambientes@unioeste.br |