Satisfação no trabalho de professores de educação física da educação básica da Grande Florianópolis (Brasil)

Ana Carolina Gesser, Raquel Krapp do Nascimento, Juliana Regina Silva Guimarães, Jorge Both, Alexandra Folle

Resumo

Objetivo: Analisar a satisfação no trabalho, considerando o vínculo empregatício, o tempo de serviço na rede estadual de ensino e os ciclos de desenvolvimento profissional, de professores de Educação Física. Métodos: A amostra foi constituída por 140 docentes vinculados à Coordenadoria Regional de Educação da Grande Florianópolis, Brasil. Na coleta de dados, utilizou-se a Escala de Avaliação da Qualidade de Vida no Trabalho Percebida por Professores de Educação Física do Ensino Fundamental e Médio e um questionário sociodemográfico. No tratamento estatístico, empregou-se análise descritiva (frequência relativa e absoluta, mediana, primeiro e terceiro quartil) e inferencial (Qui-quadrado para grupo único com referência de 50,0% para os grupos e teste Prova U de Mann-Whitney). Resultados: As informações obtidas revelaram que, na dimensão condições de trabalho, os professores efetivos se encontravam mais insatisfeitos. Além disso, na dimensão trabalho e espaço total de vida os professores com quatro a 10 anos de atuação na rede de ensino se mostraram insatisfeitos, enquanto docentes com 11 anos ou mais de atuação estavam satisfeitos. Os ciclos de desenvolvimento profissional não apresentaram diferenças estatísticas em relação às dimensões da satisfação no trabalho. Conclusão: A satisfação no trabalho de professores de Educação Física está associada ao vínculo empregatício e ao tempo de serviço na rede estadual, mas não está associada aos ciclos de desenvolvimento profissional docente.

ABSTRACT. Job satisfaction of physical education teachers of basic education in the Metropolitan region of Florianópolis (Brazil). Objective: to analyze the job satisfaction, considering the employment bond, the time of service in the state education network and the cycles of professional development, of Physical Education teachers. Methods: the sample consisted of 140 teachers linked to the Regional Education Coordination in the Metropolitan region of Florianópolis, Brazil. Data collection, we used the Quality of Life at Work Perceived for Physical Education Teachers of Elementary and Secondary Teaching and a sociodemographic questionnaire. In the statistical treatment, descriptive analysis (relative and absolute frequency, median, first and third quartile) and inferential (Chi-square for single group with reference of 50.0% for groups and Mann-Whitney test U test). Results: the information obtained showed that, in terms of working conditions, effective teachers were more dissatisfied. Moreover, in the work dimension and total living space, teachers with four to 10 years of teaching activity were dissatisfied, while teachers with 11 years or more of work were satisfied. The professional development cycles did not present statistical differences in relation to the dimensions of job satisfaction. Conclusion: the job satisfaction of Physical Education teachers is associated with employment and length of service in the state, but is not associated with teacher professional development cycles.

 

Palavras-chave

Satisfação no Emprego. Docentes. Educação Física.

Texto completo:

PDF

Referências

BOTH, J. NASCIMENTO, J. V.; LEMOS, C. A. F.; DONEGÁ. A. L.; RAMOS, M. H. K. P.; PETROSKI, E. C.; DUARTE, M. F. S. Qualidade de vida no trabalho percebida por professores de educação física. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano, Florianópolis, v. 8, n. 2, p. 45-52, 2006.

BOTH, J. Qualidade de vida na carreira docente em educação física do magistério público estadual de Santa Catarina. 2008. 120f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

BOTH, J. Satisfação no trabalho e estilo de vida do docente de Educação Física na região metropolitana de Florianópolis, Santa Catarina. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 14, n. 2, p. 21-31, 2015.

BOTH, J.; NASCIMENTO, J. V. Condições de vida do trabalhador docente em educação física do magistério público municipal de Florianópolis. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 9, n. 16, p. 11-28, 2010.

BOTH, J.; NASCIMENTO, J. V.; SONOO, C. N.; LEMOS, C. A. F.; BORGATTO, A. F. Bem-estar do trabalhador docente em educação física ao longo da carreira. Revista da Educação Física, Maringá, v. 24, n. 2, p. 233-46, 2013.

CAMPOS, F. S.; SANTOLIN, C. B.; BOTH, J.; FLORES, L. J. F. Qualidade de vida no trabalho de professores de educação física de colégios estaduais de Marechal Cândido Rondon/PR. Coleção Pesquisa em Educação Física, São Paulo, v. 16, n. 3, p. 101-8, 2017.

DELCOR, N. S.; ARAÚJO, T. M.; REIS, E. J. F. B.; PORTO, L. A.; CARVALHO, F. M.; SILVA, M. O.; BARBALHO, L.; ANDRADE, J. M. Condições de trabalho e saúde dos professores da rede particular de ensino de Vitória da Conquista, Bahia, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 20, p. 187-96, 2004.

FARIAS, G. O.; BOTH, J.; FOLLE, A.; PINTO, M. G.; NASCIMENTO, J. V. Satisfação no trabalho de professores de educação física do magistério público municipal de Porto Alegre. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 23, n. 3, p. 5-13, 2015.

FERNANDES, M. H.; ROCHA, V. M. D.; FAGUNDES, A. A. R. Impacto da sintomatologia osteomuscular na qualidade de vida de professores. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo, v. 14, n. 2, p. 276-84, 2011.

FERNANDES, M. H.; ROCHA, V. M. Impact of the psychosocial aspects of work on the quality of life of teachers. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 31, n. 1, p. 15-20, 2009.

FOLLE, A.; BORGES, L. J.; COQUEIRO, R. S.; NASCIMENTO, J. V. Nível de (in)satisfação profissional de professores de educação física da Educação Infantil. Motriz, Rio Claro, v. 14, n. 2 p. 124-34, 2008.

GHAVIFEKR, S.; PILLAI, N. S. The relationship between school’s organizational climate and teacher’s job satisfaction: Malaysian experience. Asia Pacific Education Review, Singapura, v. 17, n. 1, p. 87-106, 2016.

LEMOS, C. A. F. Qualidade de vida na carreira profissional de professores de educação física do magistério público estadual/RS. 2007. 114 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.

LIMONGI-FRANÇA, A. C. Qualidade de vida no trabalho – QVT. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

LOURENÇO, J. C.; ALVES, Y. M. A. L. Satisfação no trabalho: um estudo de caso numa agência do setor bancário do município de Bananeiras – PB, Brasil. Observatorio de la Economía Latinoamericana, Cerro Largo, n. 169, p. 1-14, 2012.

MEIRA, T. R. M.; CARDOSO, J. P.; VILELA, A. B. A.; AMORIM, C. R.; ROCHA, S. V.; ANDRADE, A. N.; FREIRE, D. S. Percepções de professores sobre trabalho docente e repercussões sobre sua saúde. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, Fortaleza, v. 27, n. 2, p. 276-82, 2014.

NASCIMENTO, R. K.; FOLLE, A.; ROSA, A. I.; BOTH, J. Satisfação no trabalho dos professores de educação física da rede municipal de ensino de São José (SC). Journal of Physical Education, Maringá, v. 27, n. 1, e2740, 2016.

NIGAMA, K.; SELVABASKAR, S.; SURULIVEL S. T.; ALAMELU, R.; UTHAYA, J. Job satisfaction among school teachers. International Journal of Pure and Applied Mathematics, Sófia, v. 119, n. 7, p. 2645-55, 2018.

OLIVEIRA, T. F. Qualidade de vida no trabalho: um estudo comparativo entre professores de escola pública e privada. Psicologia Argumento, Curitiba, v. 34, n. 85, p. 104-19, 2016.

PEDERSEN, V. J.; DRAGONE, M. L. S. Peculiaridades do uso da voz por professores de educação física escolar: origem e função interativa. Distúrbios da Comunicação, São Paulo, v. 30, n. 1, p. 201-7, 2018.

PEDRO, N.; PEIXOTO, F. Satisfação profissional e auto-estima em professores dos 2º. e 3º. ciclos do ensino básico. Revista Análise Psicológica, Lisboa, v. 24, n. 2, p. 247-62, 2006.

SILVA, J. V. P.; NUNEZ, P. R. M. Qualidade de vida, perfil demográfico e profissional de professores de educação física. Revista Pensar a Prática, Goiânia, v. 12, n. 2, p. 1-11, 2009.

VEIGA, R. F.; AFONSO, M. A.; FRIAS, G. O.; SINOTT, E. C.; RIBEIRO, J. A. B. Qualidade de vida no trabalho: contexto de atuação profissional e carreira docente. Revista Pensar a Prática, Goiânia, v. 20, n. 2, p. 333-48, 2017.

';