A GUERRA DA TRÍPLICE ALIANÇA E O RESSENTIMENTO PARAGUAIO: IMPASSE NO PROCESSO DE INTEGRAÇÃO REGIONAL?

Jayme Benvenuto

Resumo

A Guerra da Tríplice Aliança ou Guerra do Paraguai ou Guerra contra o Paraguai,
ocorrida entre 1864 e 1870, continua viva no imaginário dos habitantes paraguaios
da fronteira trinacional onde se situam Foz do Iguaçu, Puerto Iguazu e Ciudad del
Este. Em minha pesquisa, não é relevante buscar explicações extensivas sobre os
motivos da guerra. Esta pode ser entendida, em síntese, como uma disputa territorial,
incluindo as condições de uso flviais. Também não é relevante, para os mesmos
fis, analisar quem teria começado a guerra, fazer juízo de valor sobre o grau de
desenvolvimento do Paraguai até a irrupção da guerra ou sobre os motivos que
fieram com que o Brasil, a Argentina e o Uruguai tenham momentaneamente se
aliado contra o Paraguai. Tampouco os erros da guerra, incluindo os chamados atos
vergonhosos praticados por todas as partes, como sói acontecer em confltos bélicos.
Essas são tarefas para historiadores os quais, sob diversos ângulos e em distintas
partes do mundo, têm encontrado respostas contraditórias, considerando as fontes
consultadas e suas perspectivas teóricas, diante das quais nos cabe tão somente adotar
nossa própria compreensão. Interessa neste capítulo, tendo em vista o escopo teórico
adotado, ressaltar os seguintes aspectos: 1) o conflto como um sinal da consolidação
e do fortalecimento do nacionalismo e dos Estados nacionais da região, aí incluídos
Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai; 2) a repetição da receita bélica aprendida com
a Europa do passado, enquanto sinal da colonialidade; 3) a desproporção do conflto
que reuniu dois grandes Estados e o Uruguai desenvolvendo papel menor, embora
todos em processo de consolidação, contra um pequeno país, embora liderado por
um governante igualmente belicista, com resultados catastrófios para o Paraguai; 4)
a presença da memória das disputas sobre fronteiras no atual contexto do debate em
torno da proposta de integração regional.


Palavras-chave: Integração regional. Fronteiras. Paraguai.


ABSTRACT


The War of the Triple Alliance or the Paraguayan War or War against Paraguay,
occurred between 1864 and 1870, is still alive in the imagination of the Paraguayan
inhabitants from the tri-national frontier, where places Foz do Iguaçu, Puerto Iguazu
and Ciudad del Este. On my research, it is not relevant to seek extensive explanations
on the war motives. This can be understood, in summary, as a territorial dispute,
including the conditions of river use. It is also not relevant, for the same purposes,
to analyze who would have started the war, make value judgments about the degree
of development of Paraguay until the irruption of the war or about the motives that
led Brazil, Argentina and Uruguay to momentarily ally against Paraguay. Neither
the war errors, including the so-called shameful acts practiced by all parties, as it
often happens in military conflcts. These are assignments to historians which, from
various angles and in different parts of the world, have found contradictory answers,
considering the consulted sources and its theoretical perspectives, before which we
can only adopt our own comprehension. What matters on this chapter, considering
Revista Direito Sem Fronteiras, Foz do Iguaçu • v.1 • n.2 • p. 71-80 • Julho/Dezembro de 2017 73
the theoretical scope adopted, is to highlight the following aspects: 1) the conflct as
a signal of consolidation and strengthening of nationalism and national States of the
region, here included Argentina, Brazil, Uruguay and Paraguay; 2) the repetition of
the military recipe learned with the Europe of the past, while a signal of coloniality;
3) the disproportion of the conflct that reunited two major States and Uruguay
developing a small part, although all in a process of consolidation, against a small
country, though led by an equally warmongering ruler, with catastrophic results for
Paraguay. 4) the presence of the memory of border disputes in the current context of
the debate surrounding the regional integration proposal.


Keywords: Regional Integration. Frontiers. Paraguay

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.