A PERSPECTIVA HISTÓRICA DA RELAÇÃO PÚBLICO-PRIVADA NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA E O PAPEL DO TERCEIRO SETOR

Daniela de Oliveira Pires

Resumo


O artigo pretende analisar a temática da relação público-privada na educação, a partir da perspectiva histórico-legal, como forma de compreender a inserção da lógica privatista na promoção da educação pública. Assim, contextualiza-se a relação público-privada na educação ao longo da formação política brasileira, mas para fins desse estudo, partimos do advento da ditadura civil-militar (1964-1985) até os dias atuais. O estudo se fundamenta nos seguintes eixos teóricos, estado, privatização, relação público-privada, sociedade civil, que serão estudados a partir das seguintesque serão estudados a partir das seguintes categorias de análise, contradição, historicidade e totalidade. A metodologia utilizada terá como base a análise bibliográfica e normativa. Como resultado desta elaboração, declara-se que a relação público-privada na educação, enquanto uma dimensão do processo de privatização, se fortalece, sendo resultado da lógica histórica de apropriação da esfera pública pelos setores privados hegemônicos, refletindo a noção do público no Estado brasileiro, como um espaço privilegiado para a manutenção dos privilégios e de distanciamento das reais necessidades da população. 

 


Palavras-chave


Estado brasileiro; Relação Público-privada; Privatização da educação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17648/educare.v15i37.24080

Direitos autorais 2021 Educere et Educare

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

______________________________________________________________

Revista Educere et Educare

e-ISSN 1981-4712 — ISSN 1809-5208
Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Educação

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110
E-mail: educereeteducare@gmail.com