Auslandsdeutsche no Brasil (1918-1933): nova emigração e mudança de identidades

Stefan Rinke

Resumo

O trabalho trata a emigração alemã para o Brasil durante a República de Weimar e descreve as políticas de germanidade, em cujo ponto central residem as escolas em que se falava o alemão. Também serão discutidos os debates sobre estas questões na Alemanha e no Brasil. Em seguida, serão investigadas as relações dos “alemães no exterior” (Auslandsdeutsche) com a República de Weimar e com seus símbolos.

Palavras-chave

Imigração alemã, Germanidade, Identidade

Texto completo:

PDF