Os “súditos alemães” no Brasil e a “pátria-mãe” Alemanha

René E. Gertz

Resumo


Os descendentes de alemães no Brasil representaram um fator de interferência nas relações do país com a Alemanha. Assim, entre 1870 e 1914, e, novamente, após a ascensão dos nazistas ao poder , em 1933, se imaginava que as regiões por eles habitadas poderiam servir como base para uma invasão alemã. Após a Segunda Guerra Mundial, não se pensa mais assim, mas eles continuam sendo encarados como um problema.

Palavras-chave


Relações Brasil-Alemanha; Perigo alemão; Neonazismo

Texto completo:

PDF


Direitos autorais




ISSN: 1981-478X


 Periodicidade: Semestral

Indexadores:

 

 

Foi confirmada a inclusão do periódico, para breve, no seguinte indexador: