Corpo e modernidade

Paulo Evaldo Fensterseifer

Resumo

O presente texto busca situar o debate em torno do tema do corpo a partir da compreensão desenvolvida na modernidade ocidental, a qual pauta-se por um esforço de racionalização capaz de esgotar o sentido do real, tendo sua expressão máxima na racionalidade científica. Este movimento reforça a tradição dualista do pensamento ocidental, apresentando, porém, novas nuances, as quais são aqui tematizadas com o intuito de identificar os atravessamentos deste discurso na constituição do nosso imaginário em torno do corpo, bem como os impasses

Palavras-chave

corpo; modernidade; racionalidade científica

Texto completo:

PDF