Corpos juvenis, disciplina e antidisciplina: experiências de trabalho nos Fast-foods (Florianópolis 2000-2008)

Antero Maximiliano Dias dos Reis

Resumo

Resumo: este artigo discute a partir das experiências juvenis de trabalhadores e trabalhadoras dos fast-foods, em especial do McDonald’s em Florianópolis, as relações de treinamento que visam disciplinar os corpos destes atendentes para o seguimento do mercado de alimentação rápida. Buscamos entender, ainda como tais corpos se antidisciplinam diante deste ideário racionalizador das atividades voltadas para o atendimento e consumo em larga escala. Os fast-foods serve-nos como exemplo heurístico da leitura de parte da sociedade contemporânea, tornando-se de fundamental importância o entendimento de como se engendram as relações trabalho no tempo presente. 


Palavras-chave

corpos juvenis, disciplina, antidisciplina.

Texto completo:

PDF