TRABALHO E ORGANIZAÇÃO NO PORTO DE PORTO ALEGRE

Jairo Luiz Fleck Falcão

Resumo

Neste texto aborda-se as formas de inserção dos trabalhadores no porto organizado de Porto Alegre nos anos sessenta, setenta e oitenta do século XX, segundo a legislação vigente. Apresenta-se as diversas categorias que tinham o direito de prestar serviço no porto, bem como os limites dessa prestação de serviço, considerando não só os trabalhadores avulsos como também os funcionários estatutários e os celetistas do Departamento Estadual de Portos Rios e Canais (DEPRC). Analisa-se as formas de inserção e representação desses trabalhadores, a organização do trabalho pelos diversos sindicatos dos avulsos e de sua estrutura administrativa, bem como, as práticas de enfrentamentos e resistência ao processo de modernização/mecanização e as consequentes perdas.  

Palavras-chave

Porto Organizado, Trabalhadores Avulsos e Estatutários, Sindicatos, Organização e Lutas.

Texto completo:

PDF