A AGROPECUÁRIA NO MUNICÍPIO DE BARÃO DE COTEGIPE, RS: UMA ANÁLISE GEOGRÁFICA

Franciele Francisca Marmentini Rovani, Gabriela Dambros, Roberto Cassol

Resumo

O espaço geográfico apresenta inúmeras transformações decorrentes, sobretudo da interferência humana e das relações de produção. Em muitos municípios do estado do Rio Grande do Sul a agropecuária pode ser compreendida como uma atividade de sustentação da economia e para tanto, resulta em diversas modificações espaciais. O objetivo desta pesquisa consistiu na análise das conformações agropecuárias, base econômica do município de Barão de Cotegipe, RS por meio de dados referentes a agricultura e a pecuária identificando as principais bases produtivas e contribuições para o Município. O referido espaço geográfico apresentou predomínio do êxodo rural a partir da década de 1970, e de maneira expressiva a partir de 1990 e na economia, o setor terciário e o primário são os responsáveis pelo crescimento municipal. Na agropecuária, destacou-se a agricultura familiar com a produção de milho e soja, significativamente, juntamente com os criatórios de aves e bovinos. Com relação aos estabelecimentos agropecuários a maior parte é ocupada com a criação de aves, bovinos e suínos com área predominante entre vinte a cinquenta hectares. Desde modo, destaca-se que o Município apresentou um elevado potencial para ampliar a diversidade dos modos de produção no setor agropecuário.

Texto completo:

PDF