A REPRESENTAÇÃO SOCIAL DE EDUCAÇÃO DE PROFESSORES QUE TRABALHAM EM ZONA RURAL: DIFICULDADES E DESAFIOS

Arminda Rachel Botelho Mourão, Rosa Maria Conceição

Resumo


Discute a representação social de educação dos professores
que atuam em Zona Rural, nos Municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão. Os resultados apontam que o provável Núcleo Central das Representações Sociais são: dificuldade e desafio. O que evidencia as dificuldades em atuar na realidade rural, ao mesmo tempo em que se configura a superação de obstáculos como desafio. Utilizamos a técnica de associação de idéias, questionário, entrevistas e o grupo focal. A pesquisa evidenciou as dificuldades pedagógicas enfrentadas pelos professores, as quais a formação inicial não dá o suporte necessário para enfrentá-las, ao mesmo tempo em que mostra o abandono por parte dos governos da realidade rural. No entanto, todas estes problemas são compensados pelo sentimento de pertencimento que motiva os professores para uma ação pedagógica comprometida, impulsionando para o enfrentamento e resistência frente às situações desafiadoras.

Palavras-chave


Representação social, educação do campo, movimentos sociais.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 1969 Direitos partilhados conforme licença CC BY-NC-SA 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

REVISTA IDEAÇÃO

____________________________________________________________________________________________________________

e-ISSN: 1982-3010 — ISSN: 1518-6911

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Foz do Iguaçu

Centro de Educação e Letras

Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil

[ ideacao@yahoo.com.br ]