Educação financeira: contextualizando e dialogando com conceitos matemáticos no ensino fundamental

Wilma Pereira Santos Faria, Maria Teresa Menezes Freitas

Resumo

Resumo: Este estudo trata de um relato de uma oficina sobre Educação Financeira que teve como objetivo aproximar os estudantes do ensino fundamental de conceitos financeiros a partir da contextualização, da reflexão de situações sugeridas e de organização orçamentaria. Buscou-se responder a seguinte questão: Quais são as possibilidades de aprendizagem sobre a Educação Financeira no 9º ano do ensino fundamental no âmbito de uma oficina escolar? A luz da metodologia qualitativa buscou-se estudar as potencialidades das tarefas propostas na oficina. Os resultados observados apontam a contuibuição proveniente de reflexões a respeito de temas monetários com alunos do ensino fundamental.

Palavras-chave: Educação Financeira; Ensino Fundamental; Educação Matemática Critica.


Financial education contextualizing and dialoguing with mathematical concepts in elementary school

Abstract: This study refers to the outcome of a Financial Education workshop with the objective of bringing the elementary school students closer to financial concepts from contextualization, reflection on suggested situations and budget organization. We sought to answer the following question: What are the possibilities for learning about Financial Education in the 9th year of elementary school within a school workshop? The study based on qualitative methodology and aimed to study the potential of the tasks of this workshop. The observed results point out how constructive it is to propose reflections on monetary issues for elementary school students

Keywords: Financial education; Elementary School; Critical Mathematics Education.

Palavras-chave

Educação Financeira; Ensino Fundamental; Educação Matemática Critica; Cenários para Investigação.

Texto completo:

PDF

Referências

ANDRÉ, M. O que é um Estudo de Caso Qualitativo em Educação? Revista da Faeeba: Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 22, n. 40, p.95-103, jul./dez. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. LDB - Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Ministério de Educação e Cultura. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Brasília: MEC, 1996. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/leis/lein9394.pdf. Acesso em: 10 out. 2017.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos: apresentação dos temas transversais. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). BRASIL: Implementando a Estratégia Nacional de Educação Financeira. 2010.

Disponível em:

Acesso em: 24 de julho de 2019.

BRASIL. Banco Central do Brasil. Caderno de Educação Financeira – Gestão de Finanças Pessoais (Conteúdo Básico). Brasília, DF: Banco Central do Brasil. 2013. Disponível em: https://www.bcb.gov.br/pre/pef/port/caderno_cidadania_financeira.pdf. Acesso em: 17 outubro. 2017.

CAMPOS, A. B. Investigando como a educação financeira crítica pode contribuir para tomada de decisões de consumo de jovens-indivíduos-consumidores (JIC's). 2013. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Matemática) – Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2013.

CAMPOS, A. R.; KISTEMANN JR, M. A. Planejamento Financeiro: Cada um deve ter o seu? In: ENCONTRO MINEIRO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 7., 2015, São João del-Rei. Anais... Juiz de Fora: UFJF, 2015. p. 1-12.

CARVALHO, Valéria de. Educação Matemática: Matemática e Educação para o Consumo. 1999. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1999.

CUNHA, C. L. da; LAUDARES, J. B. Resolução de Problemas na Matemática Financeira para Tratamento de Questões da Educação Financeira no Ensino Médio. Bolema, Rio Claro, v. 31, n. 58, p. 659-678, ago. 2017.

FERNANDES, S. da S. A contextualização no ensino de matemática – um estudo com alunos e professores do ensino fundamental da rede particular de ensino do Distrito Federal. Trabalho de Concusão de Curso (Licenciatura em Matemática) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2006.

FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1986.

FIGUEIREDO, F. F. Courseware “estudando porcentagem”. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 11., 2013, Curitiba. Anais... Curitiba: SBEM, 2013. p. 1-5.

FONSECA, M. C. F. R. Por que ensinar matemática. Presença Pedagógica, Belo Horizonte, v.1, n.6, p.46-54, mar./abr. 1995.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 36. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

LIMA, I. G; SAUER, L. Z. Razão e emoção em ambientes de aprendizagem: em busca da unidade. In: VALENTINNI, C. B.; SOARES, E. M. S. (org.). Aprendizagem em ambientes virtuais: compartilhando ideias e construindo cenários. 2. ed. Caxias do Sul: Educs, 2005. p. 68-78.

JUNIOR, O. P. JOUCOSKI, E. O ensino da matemática financeira: relato de uma experiência de aprendizagem. Paraná/ PDE, 2008.

KLIEMANN, G. L.; SILVA, P. F. da; DULLIUS, M. M. Relevância da Matemática Financeira no Ensino Fundamental. Revista destaques acadêmicos, Lajeado, ano 3, n. 4, p. 95-104, 2011.

KISTEMANN JR., M. A. Sobre a produção de significados e a tomada de decisão de indivíduos-consumidores. 2011. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências de Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2011.

LUZ, L. H.; BAYER, A. Matemática Financeira na Educação Básica. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENSINO DA MATEMÁTICA, 6., 2013, Canoas-RS. Anais... Canoas: ULBRA, 2013. p. 1-13.

MENDES, Iran Abreu. Matemática e investigação em sala de aula: tecendo redes

cognitivas na aprendizagem. 2. ed. São Paulo: Livraria da Física, 2009.

MIRANDA, L. A. N.; PHILIPPSEN, A. S. A importância da Matemática Financeira no cotidiano e na construção da cidadania. Cadernos PDE, Paraná, v. 1, n. 1, p. 1-17, 2014.

MOREIRA, F. M. C. Cenários para investigação como ambiente de aprendizagem no contexto da matemática financeira. 2014. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Matemática) – Instituto de e Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2014.

PELICIOLI, A. F. A relevância da Educação Financeira na formação de jovens. 2011. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) - Faculdade de Física, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

PESSOA, C. A. dos S.; MUNIZ JR, I.; KISTEMANN JR, M. A. Cenários sobre educação financeira escolar: entrelaçamentos entre a pesquisa, o currículo e a sala de aula de matemática. EM TEIA – Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana, [S.I.], v. 9, n. 1, p. 1-28. 2018.

RESENDE, A. F. de. A Educação Financeira na Educação de Jovens e Adultos: uma leitura da produção de significados financeiro-econômicos de dois indivíduos-consumidores. 2013. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Matemática) - Instituto de Ciências Exatas, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2013.

SANTOS, L. T. B. dos. PESSOA, C. A. dos S. Educação financeira na perspectiva da educação matemática crítica: uma reflexão teórica à luz dos ambientes de aprendizagem de Ole Skovsmose. BoEM, Joinville, v. 4. n. 7, p. 23-45, ago./dez. 2016.

SILVA, A. M, POWELL, A. B. Um programa de Educação Financeira para a Matemática Escolar da Educação Básica. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 11., 2013, Curitiba. Anais... Curitiba: SBEM, 2013. p. 1-17.

SKOVSMOSE, O. Cenários para investigação. Bolema, Rio Claro, v. 13, n. 14, p. 66-91, 2000.

SKOVSMOSE, O. Educação Matemática Crítica: A questão da democracia. Tradução de Abigail Lins e Jussara de Loiola Araújo. 5. ed. Campinas: Papirus, 2001.

TEIXEIRA, James. Um estudo diagnóstico sobre a percepção da relação entre educação financeira e Matemática Financeira. 2015. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.

THEODORO, F. R, F. Centro estadual de educação tecnológica paula souza mestrado em tecnologia: Uma análise diagnóstico-positivo. 2011. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) – Centro Educacional de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2011.

UTPADEL, S. C. A percepção do comportamento consumista em adolescentes de diferentes níveis socioeconômicos. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Psicologia) - Centro de Educação de Ciênciass da Saúde, Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2007.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.