IMAGENS DA NATUREZA NA POESIA DE HELENA KOLODY E NA PINTURA DE MIGUEL BAKUN

Vanderlei Kroin

Resumo


 Este trabalho tem por objetivo analisar a presença da natureza na poética de Helena Kolody e na pintura de Miguel Bakun, observando o modo como ambos a apresentam em suas respectivas artes. É um trabalho comparativo, pautado nas premissas da literatura comparada e estudos interartísticos. Sabe-se das convergências e divergências entre os dois sistemas de linguagem: o verbal e o visual, mas tendo-os como sistemas artísticos que falam do homem para o homem, pretende-se discutir suas correlações. Ainda, registrar a comparação entre dois artistas brasileiros, nascidos no interior do Paraná, portanto, de certa maneira à margem do cânone, o que vem ao encontro das perspectivas atuais dos estudos comparatistas, ou seja, descortinar obras e autores oriundos de áreas ditas periféricas do globo.

 


Palavras-chave


Kolody; Bakun; Poesia; Pintura; Natureza.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista de Literatura, História e Memória - Qualis B2

ISSN: 1983-1498 — ISSN: 1809-5313


Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Programa de Pós-Graduação em Letras - PPGL

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110

| revistalhm@gmail.com |