"Los perros del paraíso" (1983), de Abel Posse: um encontro entre duas civilizações visto sob a perspectiva do novo romance histórico

Fernanda Cristina Couto

Resumo

O estudo volta-se para uma leitura de Los perros del paraíso(1983), romance histórico
contemporâneo do argentino Abel Posse, que apresenta uma das mais instigantes releituras ficcionais
do descobrimento da América. O romance a ser abordado apresenta o descobrimento da América
por meio de múltiplas perspectivas, sendo que a história oficial registrou tal evento apenas por meio
da visão do descobridor. Cristóvão Colombo, protagonista das ações históricas e personagem
ficcionalizado no romance, é discursivamente configurado pelo narrador de forma que as imagens
romanescas do Almirante diferem completamente das conhecidas historicamente. Os primeiros
anos de Colombo não são registrados pela história, mas na obra de Posse, regida pela liberdade da
ficção, eles são descritos com vivacidade, gerando a imagem de um homem escolhido por Deus para
uma grande missão. O objetivo deste estudo é evidenciar estas caracterizações da personagem
Cristóvão Colombo no romance, construídas principalmente pelo emprego da carnavalização e da
paródia. Resultados destas estratégias narrativas resultam na caricaturização do personagem e no
questionamento crítico das “verdades” registradas sobre suas ações.

Palavras-chave

Romance histórico hispano-americano contemporâneo; Poética do descobrimento; Los perros del paraíso (1983).

Texto completo:

PDF