Descrição anatômica do lenho de Melaleuca leucadendron (L.) L

Linéia Roberta Zen, Luciano Denardi, Manoela Mendes Duarte

Resumo

Esse trabalho teve por objetivo a descrição da estrutura anatômica da madeira de Melaleuca leucadendron. O estudo foi realizado a partir de um indivíduo coletando-se três discos para a confecção de lâminas histológicas e macerado. Para maceração usou-se o método nítrico- acético e para histologia usou-se simples coloração com safranina 1%. A anatomia da madeira concorda em aspectos gerais para o padrão típico da família, reunindo: porosidade difusa, poros solitários, placas de perfuração simples, além de parênquima axial paratraqueal aliforme linear, raios muito numerosos e heterocelulares, pontoações raio-vasculares, parênquimas-vasculares e tecido fibroso proeminente composto de fibrotraqueóides, fibras muito curtas, anéis de crescimento distinto marcados por fibras de paredes achatadas ao final do lenho tardio. Qualitativamente e quantitativamente a madeira não revelou características expressivas, assim pode ser caracterizada por apresentar uma estrutura anatômica relativamente simples, concordando em linhas gerais para a família Myrtaceae.

Palavras-chave

madeira; estrutura anatômica; características.

Texto completo:

PDF