Caracterização socioprodutivas de sistemas produtivos leiteiros

Roney Zympel, Ferenc Istvan Bánkuti, Maximiliane Alavarse Zambom, Kellen Cristina Kuhawara

Resumo

O objetivo geral proposto neste artigo foi realizar a análise estatística descritiva das características socioprodutivas de um grupo de produtores entrevistados. Para tanto, foram aplicados questionários semiestruturados junto a 55 sistemas produtivos leiteiros da Região Cascavel, Paraná, entre o período de setembro de 2013 a abril de 2014. Os dados foram tabulados e submetidos à análise estatística descritiva. A partir da análise, foram gerados dados referentes à idade dos responsáveis, escolaridade, área, principais atividades desenvolvidas nas propriedades, volume de leite produzido por dia, tipo de exploração do sistema produtivo leiteiro, aspectos relacionados à lucratividade, número de financiamentos e principais investimentos realizados pelos produtores, e visão dos produtores sobre a gestão financeira. Pôde-se concluir que os produtores entrevistados possuem estrutura física, produtiva e social superior à média nacional. Grande parte dos entrevistados tem na atividade leiteira forte dependência econômica, sendo esta fundamental para a subsistência de suas famílias. Há entre esses, o desejo de manutenção da atividade em médio e longo prazos. Entrentanto, identificou-se que a grande parte dos entrevistados não realizou práticas fundamentais de gestão da atividade, entre essas, a gestão financeira. Tal constatação sugere fragilidade e risco para a atividade em momento futuro. Sugere-se, portanto, que políticas públicas e privadas nesta direção sejam definidas, permitindo assim, a continuidade da atividade leiteira com menor risco.

Palavras-chave

caracteristicas socioprodutivas; gestão financeira; sistemas produtivos leiteiros.

Texto completo:

PDF