Controle de doenças foliares do milho com fosfito de potássio

João Batista Gonçalves Dias da Silva, Kátia Regina Freitas Schwan-Estrada, Dauri José Tessmann, Lia Mara Moterle, Camila Rocco da Silva

Resumo


Esse estudo teve como objetivo avaliar a eficiência da aplicação de fosfito de potássio (PHOS UP PK 28-26®) em diferentes doses e estádios de crescimento da planta para o controle dePhaeosphaeria maydis, Cercospora zeae-maydis e Exserohilum turcicum na cultura do milho 2a safra, bem como a produtividade dos híbridos. Dois experimentos distintos com fosfito, testemunha sem aplicação e fungicida epoxiconazole + piraclostrobina (Ópera®), foram conduzidos nas safras agrícolas, 2008/2009 e 2010, no mesmo local. O delineamento experimental foi em blocos completos, com tratamentos ao acaso e quatro repetições. Foram avaliadas a severidade das doenças com escala diagramática e a produtividade. Foram observados diferentes comportamentos de acordo com a cultivar e as safras avaliadas, no entanto, o fosfito diminuiu a severidade das doenças foliares de milho. O tratamento 2,0 L ha-¹ nos estágios V6 e V10 apresentou controle intermediário entre o fungicida e a testemunha sem aplicação, reduzindo a severidade das doenças avaliadas. Os tratamentos com fungicida promoveram incremento de produtividade.


Palavras-chave


Cercospora; helmintosporiose; Exserohilum turcicum; mancha branca; Phaeosphaeria maydis.

Texto completo:

PDF


Incluir comentário

Revista Scientia Agraria Paranaensis

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon

ISSN: 1983-1471 - (versão eletrônica)

Centro de Ciências Agrárias

Rua Pernambuco 1777 — Caixa Posta 91

CEP 85960-000 Marechal Cândido Rondon — Paraná — Brasil

E-mail: revista.sap@unioeste.br

Fone: (45) 3284 7901