AS EXPRESSÕES DA FRONTEIRA NA PRODUÇÃO MÚSICAL DE FOZ DO IGUAÇU/PR: EXPLORANDO OUTRAS FONTES PARA O ESTUDO DO SUJEITO FRONTEIRIÇO

Aline Simão Barroso Torres, Eric Gustavo Cardin

Resumo


O presente artigo análisa a região de confluência das fronteiras do Brasil, Paraguaie Argentina a partir da análise das letras de músicas de grupos de Foz do Iguaçu quediscutem o cotidiano na fronteira. A utilização da música como fonte de pesquisa deriva doesforço em construir leituras sobre a fronteira diferentes das demais produções acadêmicasexistentes sobre o universo em questão. Em grande medida, essas produções utilizamentrevistas com os sujeitos sociais que residem na fronteira, além de documentos oficiaissobre a região. Assim, buscamos apresentar outra visão dessa realidade, mesmo utilizandomoradores e trabalhadores dessas cidades, focamos a atenção para as representaçõesfornecidas pela produção artística, mais especificamente a música, a qual tem uma acessibilidademaior entre as comunidades das cidades.

Palavras-chave


Fronteiras, música, questão social.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempo da Ciência



e-ISSN: 1981-4798 — ISSN: 1414-3089

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Rua da Faculdade, 645 — Jardim La Salle
CEP: 85903-000 — Toledo-Paraná-Brasil

| revistatempodaciencia@yahoo.com.br |