Representações de trabalho nos meios de comunicação do movimento dos trabalhadores rurais sem terra

Fernando Perli

Resumo


A definição de um campo de comunicação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) caracterizou-se por uma rede de entidades sociais, religiosas e partidárias que configuraram um amplo movimento social em suas ações e representações. Dentre as representações políticas mais difundidas pelos instrumentos de (in) formação dos sem-terra se destacaram concepções de trabalho para a arregimentação nacional e a internacionalização da luta pela terra. Este artigo procura apontar alguns significados de trabalho construídos e difundidos na organização do MST através dos meios de comunicação elaborados e apropriados pela Direção Nacional do Movimento.

Palavras-chave


trabalho, movimento dos trabalhadores rurais sem terra, meios de comunicação

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempos Históricos

 

e-ISSN 1517-4689 

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon

Programa de Pós-Graduação em História

Rua Pernambuco, 1777- Caixa Postal 91

Marechal Cândido Rondon – Paraná- Brasil

CEP: 85960-000

| e-mail principal: revista.thistoricos@unioeste.br — e-mail secundário: thistoricos@yahoo.com.br |