Motoristas, cobradores e o trabalho no transporte coletivo de Uberlândia

Janaina Ferreira Silva

Resumo


O seguinte artigo aborda os significados atribuídos por motoristas e cobradores ao trabalho de transportar moradores da cidade de Uberlândia-MG. Pensando como são construídas as relações de trabalho para as empresas operadoras – Auto Viação Triângulo e Transcol- e para os próprios trabalhadores, e como é “ser” motorista e cobrador nesta cidade. Ao tratar o cotidiano de trabalho dessas pessoas foi possível perceber que o transporte se dá de forma conflituosa, e não harmoniosa como na imagem que a empresa Transcol tentou construir através do seu informativo interno, chamado de Transcolito.

Palavras-chave


motoristas, cobradores, transporte urbano, trabalho, Uberlândia

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempos Históricos

 

e-ISSN 1517-4689 

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon

Programa de Pós-Graduação em História

Rua Pernambuco, 1777- Caixa Postal 91

Marechal Cândido Rondon – Paraná- Brasil

CEP: 85960-000

| e-mail principal: revista.thistoricos@unioeste.br — e-mail secundário: thistoricos@yahoo.com.br |