A escrita viajante: narrativas dos cientistas sobre a ilha de Santa Catarina – Séculos XVIII e XIX

Luciana Rossato

Resumo

Nosso objetivo neste artigo é analisar como se constituíram as obras escritas pelos viajantes naturalistas. Para isto utilizaremos os relatos produzidos pelos cientistas que visitaram a região da Ilha de Santa Catarina durante os séculos XVIII e XIX. Da mesma forma como a formação do viajante influenciou no modo de observar a região no qual se encontrava, também influenciou na forma de organizar sua escrita. A maneira como os relatos foram organizados, os temas, a seqüência na qual eram descritos o que era visto são alguns dos aspectos que serão interpretados. Além disso, o tipo de material (diário, relatório científico ou carta) e o público a quem eram voltados estes textos, contribuíram para definir os recursos estilísticos a serem utilizados na escrita do viajante.

Palavras-chave

Narrativas; Cientistas viajantes; Ilha de Santa Catarina

Texto completo:

PDF