Laerte e a expressão “trans” por meio das tiras da Muriel: pelo direito de ser diferente

Silvana de Araújo Vaillões

Resumo

Este estudo pretende analisar algumas das tiras da cartunista Laerte Coutinho, compreendendo a série intitulada “Muriel”, considerando sua pertinência educativa, já que revela um novo olhar sobre a questão. Diante do fato de que essa cartunista assumiu sua identidade de gênero feminina, passando a militar pelas causas “trans” e recebendo visibilidade na mídia e em eventos pertinentes à temática, considera-se de relevância o seu trabalho, já que as tiras não se desvinculam de sua militância pela causa. A pesquisa basear-se-á em teóricos que estudam a teoria queer, cujas discussões mais se vinculam aos discursos da cartunista em questão, como Butler (2011) e Louro (2008). As tiras foram escolhidas de maneira aleatória, priorizando as que tematizassem a respeito dos direitos e da dificuldade de adaptação à sociedade, que é enfrentada pela maioria das trans.

Palavras-chave

Tiras. Identidade de gênero. Teoria queer. Educação

Texto completo:

PDF