“AS TRANÇAS DE BINTOU”: IDENTIDADE E CULTURA

Ruth Ceccon Barreiros, Nancy Rita Ferreira Vieira

Resumo

As transformações identitárias em processo na esfera mundial são evidentes. Considerando-se este aspecto o presente estudo pretende, tendo por base a obra literária infantil de temática afrobrasileira “As tranças de Bintou”, refletir sobre questão de identidade étnico-racial negra no Brasil, partindo da seguinte questão: a literatura infantil de temática afrobrasileira possibilita a formação identitária do leitor/criança afrodescendente em uma perspectiva afirmativa? Com esse questionamento procura-se compreender os aspectos da formação de identidade e de “pertencimento”, revelados na obra. Essas reflexões pautam-se nos estudos propostos por Hall (2003, 2006), Santos (2005), Lody (2004) dentre outros, buscando depreender as repercussões da globalização na identidade cultural e associando-as a obra literária escolhida para o estudo. 

Palavras-chave

Identidade. Cultura. Literatura Infantil Afro-brasileira.

Texto completo:

PDF