A IMPORTÂNCIA DO LUGAR PARA A ESTRUTURAÇÃO E A EXPANSÃO DO CIRCUITO ESPACIAL PRODUTIVO DE CELULOSE EM MATO GROSSO DO SUL

Autores

  • Leandro Reginaldo Maximino Lelis Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Celso Donizete Locatel Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.48075/geoq.v13i1.23167

Palavras-chave:

lugar, circuito espacial produtivo, celulose, Mato Grosso do Sul.

Resumo


Este artigo objetiva evidenciar a importância do lugar para a estruturação e a expansão do circuito espacial produtivo de celulose em Mato Grosso do Sul. Para isso, serão apresentados oito fatores que comprovam essa ideia. Entende-se que a baixa densidade técnica das atividades agropecuárias pré-existentes, a disponibilidade de terras de menor preço, a concentração fundiária, a mão de obra barata, a pré-existência de uma base florestal, a localização geográfica, a disponibilidade hídrica e, principalmente, a atuação do Estado são fatores que, em conjunto, possibilitaram a estruturação e a expansão do circuito espacial produtivo de celulose no estado pesquisado, evidenciando a importância do lugar para os estudos sobre os circuitos espaciais produtivos.

Biografia do Autor

Leandro Reginaldo Maximino Lelis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutorando no Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Celso Donizete Locatel, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Docente do Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Downloads

Publicado

14-04-2020

Como Citar

LELIS, L. R. M.; LOCATEL, C. D. A IMPORTÂNCIA DO LUGAR PARA A ESTRUTURAÇÃO E A EXPANSÃO DO CIRCUITO ESPACIAL PRODUTIVO DE CELULOSE EM MATO GROSSO DO SUL. Geografia em Questão, [S. l.], v. 13, n. 1, 2020. DOI: 10.48075/geoq.v13i1.23167. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/geoemquestao/article/view/23167. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos