[1]
L. D. A. Oliveira e A. E. de M. Gehin, “A Tradução como um sonho de sobrevivência”, Trav., vol. 11, nº 2, p. 46–56, set. 2017.