É JEITINHO, MALANDRAGEM OU CORRUPÇÃO? A PERCEPÇÃO DOS ATUAIS E FUTUROS GESTORES DA GERAÇÃO Y SOBRE AS CONDUTAS ILÍCITAS COTIDIANAS E ORGANIZACIONAIS

Denilson Aparecido Leite Freire, Vitória Rezende Lopes, Renata Monteiro Martins

Resumo


O brasileiro, caracterizado pela sua flexibilidade, criatividade e malandragem, encontrou no “jeitinho” uma forma de contornar a rigidez das leis para se obter benefícios. E esse jeitinho é, segundo os autores, perpetuado com os jovens, atuais e futuros gestores desse país. Fica, contudo, uma indagação: é o jeitinho um comportamento cultural criativo ou se configura como um primeiro degrau para a corrupção como defende alguns autores? Esse trabalho analisou a percepção da chamada Geração Y diante das condutas ilícitas cotidianas e organizacionais, classificando-as como jeitinho, malandragem ou corrupção. Foi realizada uma survey com estudantes da Administração, Ciências Contábeis e Gestão da Informação das diversas regiões brasileiras. Os dados revelaram que 66,5% dos pesquisados já deram um jeitinho para conseguir algo para si mesmo. Verificou-se, ainda, que as condutas ilícitas, tidas como malandragem e como uma prévia para a corrupção são mais percebidas e rejeitadas no ambiente empresarial que no cotidiano, entre os mais idosos, as mulheres, os casados e aqueles que trabalham, levando à inferência de que os jovens que ainda não trabalham e que sejam do sexo masculino são mais propensos à tolerar atitudes corruptivas.


Texto completo:

PDF

Referências


ALCADIPANI, R.; CRUBELLATE, J. M. Cultura organizacional: generalizações improváveis e conceituações imprecisas. Revista de Administração de Empresas, v. 43, n. 2, p. 64-77, 2003.

ALMEIDA, A. C.; YOUNG, C. Corrupção: com jeitinho parece que vai. In: ALMEIDA, A. C. A cabeça do brasileiro. Rio de Janeiro, 2007.

BARBA, M. D. Lista aponta 10 'práticas de corrupção' do dia a dia do brasileiro. BBC Brasil, 4 nov. 2012. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2016.

BORINI, F. M.; GRISI, F. C. A corrupção no ambiente de negócios: survey com as micro e pequenas empresas da cidade de São Paulo. Revista de Administração - RAUSP, v. 44, n. 2, p. 102-117, 2009.

BRADBURN, N. M. Response Effects. In: ROSSI, P. H.; WRIGHT, J. D.; ANDERSON, A. B. Handbook of Survey Research. New York: Academic Press, 1983.

BRESLER, R. O pai e as organizações: práticas de poder no Brasil. Organização & Sociedade, v. 7, n. 18, p. 125-140, 2000.

CHIUZI, R. M.; PEIXOTO, B. R. G.; FUSARI G. L. Conflito de gerações nas organizações: um fenômeno social interpretado a partir da teoria de Erik Erikson. Temas em Psicologia, v. 19, n. 2, 579-590, 2011.

CHU, R. A.; WOOD JR, T. Cultura organizacional brasileira pós-globalização: global ou local?.Revista de Administração Pública, v. 42, n. 5, p. 969-991, 2008.

DA MATTA, R. O que faz o brasil, Brasil?. Rio de Janeiro: Rocco, 1984.

ERICKSON, T. E Agora Geração X? Como se manter no auge profissional e exercer liderança plena numa época de intensa transformação. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

FLACH, L. O jeitinho brasileiro: analisando suas características e influências nas práticas organizacionais. Revista Gestão e Planejamento, v. 12, n. 3, p. 299-514, 2012.

FREITAS, A. B. de. Traços brasileiros para uma análise organizacional. In: MOTTA, F. P.; CALDAS, M. Cultura organizacional e cultura brasileira. São Paulo: Atlas, p. 38-54, 1997.

GIBBONS, K.M. Toward an attitudinal definition of corruption. In: HEIDENHEIMER, A.J.; JOHNSTON, M; LEVINE, V. Political Corruption: A Handbook. New Brunswick: Transaction, p. 165-171, 1989.

HERNANDES, P.P. Combate à corrupção no Brasil: análise sob a ótica da contabilidade. In: 6º Concurso de Monografias da CGU, p. 11-54, 2010. Disponível em: . Acesso em: 18 Ago. 2016.

JOHNSTON, M. Corruption and political culture in Britain and the United States. Innovation, v.2, n.4, p.417-436, 1989.

LIPKIN, N.; PERRYMORE, A. A Geração Y no trabalho: Como lidar com a força que influenciará definitivamente a cultura da sua empresa. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

MOTTA, F. C. P. Cultura e organizações no Brasil. São Paulo: Núcleo de Pesquisas e Publicações EAESP/FGV. 1996. 18 p. Relatório de pesquisa.

MOTTA, F. C. P.; ALCADIPANI, R. Jeitinho brasileiro, controle social e competição. Revista de Administração de Empresas, v. 30, n. 1, p. 6-12, 1999.

MOTTA, F. P. Organizações e sociedade: a cultura brasileira. Organizações & Sociedade, v. 10, n. 26, p. 13-17, 2003.

O GLOBO. Confira 15 páticas de corrupção cotidianas. O Globo, [S.D.]. Disponível em: . Acesso em 18 ago. 2016.

OLIVEIRA, S. Geração Y: O nascimento de uma nova versão de líderes. São Paulo: Integrare Editora, 2010.

PIRES, J. C. S.; MACÊDO, K. B. Cultura organizacional em organizações públicas no Brasil. Revista de Administração Pública, v. 40, n. 1, p. 81-105, 2006.

PRADO, M. C. A. ‘Jeitinho’ e cultura organizacional brasileira: ultrapassando a abordagem de integração. São Paulo, FGV-EASP/GVPesquisa. 2005. 60p. Relatório de Pesquisa.

SANTOS, F. Veja 10 exemplos de corrupção no cotidiano do brasileiro. Terra, 19 mar. 2015. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2016.

SANTOS, R. A; GUEVARA, A. J. H; AMORIM, M. C. S. Corrupção nas organizações privadas: análise da percepção moral segundo gênero, idade e grau de instrução. Revista de Administração – RAUSP, v. 48, n. 1, p. 53-66, 2013.

VIEIRA, C. A.; COSTA, F. L. da; BARBOSA, L. O. O 'jeitinho' brasileiro como um recurso de poder. Revista de Administração Pública, v. 16, n. 2, p. 5-31, 1982.

VIEIRA, V. A. As tipologias, variações e características da pesquisa de marketing. Revista da FAE, v.5, n. 1, p. 61-70, 2002.




Direitos autorais 2019 Revista Expectativa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Expectativa

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

ISSN: 1982-3029 (versão eletrônica)

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Toledo 

Colegiado do Curso de Secretariado Executivo

Rua da Faculdade, 645 - Jd. Santa Maria

85903-000 - Toledo - Paraná;

| revista.expectativa@gmail.com |