CAPA: A EXPERIÊNCIA LUTERANA ENTRE AGRICULTORES FAMILIARES NO OESTE DO PARANÁ

Juliane Hort, Jean Carlos Berwaldt

Resumo


O Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA) caracteriza-se como um serviço que surgiu ao final dos anos de 1970 no âmbito da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). O objetivo foi o de auxiliar seus membros, que naquele momento eram em sua maioria formados por pequenos agricultores. Impactados pela modernização agrícola, muitos destes agricultores viam no êxodo rural, a única forma de enfrentar a situação. O CAPA, através da disseminação de conhecimentos agroecológicos passou a criar e oferecer alternativas para que os agricultores familiares pudessem permanecer com dignidade em suas propriedades. No artigo se problematiza a criação e a forma de atuação desta entidade com foco de ação na microrregião do município de Marechal Cândido Rondon, oeste do Estado do Paraná. 


Palavras-chave


Agricultura familiar; Agroecologia; IECLB.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Geografia em Questão

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.