CARACTERÍSTICAS DAS TRANSAÇÕES DE AVICULTORES SUL-MATO-GROSSENSES E A INDÚSTRIA AVÍCOLA

Gustavo Magalhaes de Oliveira, Silvia Morales de Queiroz Caleman

Resumo


Na Economia das Organizações é cada vez mais frequente a utilização da Economia de Custos de Transação (ECT) e os custos de mensuração perante a variabilidade das formas de governança. Entretanto, essa avaliação carece de uma visão teórica com base em um conceito sólido. Portanto, o presente trabalho tem como objetivo principal apresentar empiricamente o conceito de Tolerância Organizacional no sistema agroindustrial (SAG) de aves de Mato Grosso do Sul. A pesquisa é descritiva com abordagem qualitativa, além de ser embasada em 33 observações com questionários semiestruturados. O principal resultado encontrado é a baixa tolerância organizacional do SAG, ou seja, a dependência de poucos modos de governança. Porém, os agentes analisados são totalmente dependentes dos contratos de integração, visto que estes são utilizados de maneira exclusiva para a coordenação do sistema produtivo. Com isso, a contribuição da pesquisa é visualizada através da aplicação empírica de constructos teóricos embasados na diversidade de formas de governança. 

Palavras-chave


Ciências Sociais; Economia; Agronegócio.

Texto completo:

PDF


INFORME GEPEC


e-ISSN: 1679-415X — ISSN: 1676-0670 (descontinuado em 2010)

Unioeste
Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Informe Gepec- PGDRA
Rua da Faculdade, 645
Jardim La Salle - Toledo - Paraná
85903-000

[
revista.gepec@gmail.com ]