Abertura direta do capital das cooperativas agropecuárias pela emissão de títulos de dívida

Régio Marcio Toesca Gimenes, Almir Ferreira de Sousa

Resumo

A presente pesquisa teve como objetivo verificar se a abertura direta do capital das cooperativas agropecuárias, pela emissão de títulos de dívida (debêntures), possui viabilidade econômica. Para tanto, faz uma revisão crítica da literatura, expondo os problemas de capitalização e financiamento das cooperativas agropecuárias e a emissão das debêntures como uma opção às restrições de crédito. Quanto à metodologia, a pesquisa utilizou a tipologia do estudo de caso, tendo como objeto de estudo, uma cooperativa agropecuária localizada no estado do Paraná. Pelos resultados apurados, verificou-se que a abertura direta do capital pela emissão das debêntures não pode ser realizada por toda e qualquer cooperativa. É necessário que estudos preliminares identifiquem seu equilíbrio econômico-financeiro, sua capacidade de pagamento e a transparência de sua gestão (governança corporativa cooperativa). Se os pré-requisitos forem atendidos, a cooperativa agropecuária poderá auferir as vantagens da emissão, dentre as quais se destacam: o planejamento sob medida para atender determinado projeto de investimento, o alongamento

Texto completo:

PDF