Alternativa econômica para o novo rural do Nordeste brasileiro: o cultivo do camarão Litopenaeus vannamei em água doce

Kilmer Coelho Campos, Robério Telmo Campos

Resumo

Objetiva-se analisar a viabilidade econômica do cultivo de camarão em fazendas localizadas no setor rural do Estado do Ceará. Os dados de natureza primária foram coletados através de entrevista e pesquisa direta, por meio de questionários, junto aos carcinicultores. Foram pesquisados todos os carcinicultores que, no momento da pesquisa, encontravam-se em produção, perfazendo um total de 10 propriedades rurais produtoras de camarão. Para fins de análise foram usadas medidas de resultado econômico. A análise dos resultados permite concluir que o custo total médio de produção se mostrou compatível para tornar a atividade viável economicamente, gerando uma margem de lucro da ordem de 27%. As margens brutas dos produtores, tratadas individualmente, mostraram-se positivas, indicando que podem continuar na atividade em curto prazo. Além disso, quando se analisa o grupo de produtores como um todo, conclui-se que a renda bruta média apresenta-se superior ao custo operacional total médio, caracterizando a existência de lucro operacional ou margem líquida positiva, o que permite aos carcinicultores manterem-se na atividade no longo prazo. Apenas dois produtores obtiveram prejuízos, embora tenham exibido margens líquidas maiores do que zero. Vale salientar que alguns produtores obtiveram melhor desempenho do que outros, destacando-se, a título de exemplo, um produtor que apresentou lucro anual de R$ 110.705,95; custo médio de produção de R$1,89/kg de camarão, enquanto o preço de venda foi de R$ 6,00/kg; o ponto de nivelamento, desse produtor, foi de 31,43% da produção efetivamente obtida.

Texto completo:

PDF