A Feminilidade Lunar na Lírica de Adélia Maria Woellner

Clarice Braatz Schmidt Neukirchen

Resumo


Este trabalho tem como objetivo investigar a recorrência à imagem “lua” na obra da poeta curitibana Adélia Maria Woellner, salientando   analogia estabelecida entre tal imagem e a da mulher. A imagem da lua, desde a antiguidade, relaciona-se à fecundidade e ao ciclo perene de vida e morte, remetendo, por isso, à feminilidade. Na poesia woellneriana, essa significação é reiterada, ou seja, ocorre a incorporação de significados atribuídos a esta imagem em culturas antigas como a grega, por exemplo. A análise será pautada em autores como Chevalier e Gheerbrant, Gilbert Durand e Alfredo Bosi, entre outros.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista de Literatura, História e Memória - Qualis B2

ISSN: 1983-1498 — ISSN: 1809-5313


Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Programa de Pós-Graduação em Letras - PPGL

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110

| revistalhm@gmail.com |