PRINCÍPIOS DO PRAZER E DA REALIDADE NO TRICKSTER MACUNAÍMA

Renato Amado Barreto

Resumo


Neste estudo pretendemos demonstrar como os princípios do prazer e da realidade, cunhados por Freud, se aplicam a Macunaíma, o clássico personagem de Mário de Andrade. Veremos que Macunaíma é um trickster de ciclo incompleto. Os tricksters seguem ciclos, nos quais eles migram do princípio do prazer para o princípio da realidade. Macunaíma, contudo, não completou seu ciclo e, por isso, foi derrotado no embate com Vei, a Sol, e não conseguiu se adaptar ao mundo, retirando-se para o cosmo.


Palavras-chave


Trickster; Princípio do prazer; Macunaíma

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.48075/rt.v12i27.14435

Direitos autorais



Revista Trama

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

e-ISSN 1981-4674 

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon 

Colegiado do Curso de Letras

Rua Pernambuco, 1777

Marechal Cândido Rondon - Paraná

Caixa Postal 91 - CEP: 85960-000

| trama.unioeste@gmail.com |