ENXADA: O TRABALHO NA CONCEPÇÃO DO CONTO DE BERNARDO ÉLIS

Lígia Wilhelms Eras, Wander Amaral Camargo, Vera Cepêda Alves

Resumo


Neste artigo, pretende-se elaborar uma análise do conto Enxada, escrito por Bernardo Élis, privilegiando a perspectiva do trabalho e o contexto em que se passa a trama da história dos personagens, na submissão imposta pelo coronelismo e na lógica das representações simbólicas presentes no conto. Recorre-se, nesta análise, à contribuição dos suportes teóricos de cunho sociológico que nos auxiliarão a contextualizar e a problematizar o lugar de formação do status das personagens em suas formações sociais, culturais, econômicas e lingüísticas, que são elaboradas pelo autor na construção da obra.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Trama

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

e-ISSN 1981-4674 

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon 

Colegiado do Curso de Letras

Rua Pernambuco, 1777

Marechal Cândido Rondon - Paraná

Caixa Postal 91 - CEP: 85960-000

| trama.unioeste@gmail.com |