EAD: UM CAMINHO SEM VOLTA

Pamera Francieli Corrêa PEREIRA, João Carlos CATTELAN

Resumo

A EAD - Educação a Distância - tem conquistado um espaço considerável na pluralidade das áreas, segmentos intelectuais e técnico-profissionais da cibercultura. O presente artigo terá a Análise do Discurso de linha francesa como principal base teórica para empreender uma discussão sobre a tendência do ensino a distância no imbricamento com o sujeito dessa época e suas condições de produção no espaço virtual. A EAD promete permanecer e transformar o que se entende por aprender, incidindo no sujeito atravessado pelo discurso da era digital, ligeiramente afetado pelo modo de ser e agir on-line, ao passo que o ensino a distância propicia uma experiência de autonomia na busca pelo conhecimento, alavancando estratégias comerciais do ramo da educação por desconstruir modelos de ensino vistos até então. O que implica atentar é que a EAD é um caminho sem volta: ou os sujeitos se adaptam a ela, se apropriam dessa atual esfera de captação do saber, ou estarão à margem de uma tendência educacional.

 

Referências:

FERREIRA, Maria Cristina Leandro (Orient.). Glossário de termos do discurso: projeto de pesquisa: A Aventura do texto na perspectiva da teoria do discurso: a posição do leitor-autor (1997-2001)/Orientadora: Maria Cristina Leandro Ferreira; Bolsista de Iniciação Científica Ana Boff de Godoy... [et al.]. – Porto Alegre: UFRGS. Instituto de Letras, 2001. – 30 p.

LACAN, Jacques. O seminário. O estádio do espelho como formador da função do eu [1949]. In: Escritos. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1998. Livro 1: os escritos técnicos de Freud. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.

 LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

MAINGUENEAU, Dominique. Novas tendências em análise do discurso/ D. Maingueneau; tradução Freda Indursky; revisão dos originais da tradução Solange Maria Ledda Gallo, Maria da Glória de Deus Vieira de Moraes. – Campinas, SP: Pontes: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 1989.

ORLANDI, Eni P. A Linguagem e seu funcionamento: as formas do discurso, Eni P. Orlandi – 4ª Edição, Campinas, SP: Pontes, 1996.

______. Análise do Discurso: princípios e procedimentos, Eni P. Orlandi – 8ª Edição, Campinas, SP: Pontes, 2009.

PÊCHEUX, Michel. Delimitações, inversões, deslocamentos. (Trad. José Horta Nunes). Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, São Paulo, n. 19, p. 7-24, jul,/dez/1990.

______. O Discurso: estrutura ou acontecimento, Michel Pêcheux; tradução Eni P. Orlandi – 5ª Edição, Campinas, SP: Pontes Editores, 2008.

______. Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Trad. Eni Pulcinelli Orlandi [et.al.] – 2.ed. – Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1995. 

______. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Trad. Eni Pulcinelli Orlandi [et.al.] – 2.ed. – Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1997.

 

 

Recebido em 31-12-2018.

Aceito em 13-03-2019.

Palavras-chave

EAD. Sujeito. Apropriação.

Texto completo:

PDF