RISCO DE DESENVOLVIMENTO DE DIABETES TIPO II EM FREQUENTADORES DE UM CENTRO UNIVERSITÁRIO

Ingrid Maria Paes Jorge Medeiros, Dérrick Patrick Artioli, Beatriz Berenchtein Bento de Oliveira

Resumo


Objetivo: identificar se os indivíduos que frequentam as dependências do Campus III do Centro Universitário Lusíada (UNILUS) da cidade de Santos podem ser reconhecidos como uma população de risco para desenvolver DM tipo 2. Materiais e Métodos: Estudo transversal realizado no período de abril a novembro de 2016 no UNILUS, onde dividiu-se a população em três grupos: grupo 1 – docentes (G1), grupo 2 – técnicos administrativos (G2) e grupo 3 – discentes (G3). A avaliação deu-se pelo questionário “Você tem risco de ter diabetes tipo 2? ”, da Sociedade Americana de Diabetes, de maneira adaptada. Resultados: O G1 obteve o risco de 13,3% de desenvolver DM2, 23,81% para G2 e 2,67% para o G3. Conclusão: o grupo de técnicos administrativos (G2), mostrou-se com maior número de fatores de risco (idade, diabetes gestacional, familiaridade, HAS e sobrepeso), que levam esta população a serem mais propensos a desenvolver DM2, de acordo com o questionário aplicado.


Palavras-chave


Diabetes Mellitus; Fatores de Risco; Incidência; Epidemiologia; Questionário.

Texto completo:

PDF


Revista Varia Scientia - Ciências da Saúde


e-ISSN 2446-8118

Unioeste
Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
Rua Universitária, 1619 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110

| revista.vscsaude@unioeste.br |