TRAJETÓRIAS DO ENSINO NO BRASIL: CRISES HERDADAS E FUTURO INCERTO

Autores

  • Mariana Duarte Doutorado em Letras - Universidade de Caxias do Sul / Associação ampla UniRitter

DOI:

https://doi.org/10.48075/ra.v6i2.17303

Palavras-chave:

Leitura, Escrita, Ensino, História, Brasil.

Resumo


 O presente ensaio foi elaborado como avaliação final da disciplina de História da Leitura e da Escrita no Brasil, ministrada pela professora doutora Marília Conforto no período do primeiro semestre letivo de 2014, pelo Programa de Doutorado em Letras UCS/Associação Ampla UniRitter. O trabalho consiste em uma breve abordagem acerca da história da leitura, da escrita e do ensino no país, apropriando-se também de questionamentos sobre quem é e como foi formado o público leitor brasileiro assim como os entraves da educação na pós-modernidade, e, a partir do estudo da obra A sociedade individualizada de Zygmunt Bauman, em especial nas Universidades assim como os desafios mediante a revolução tecnológica.

Downloads

Publicado

06-07-2018

Como Citar

DUARTE, M. TRAJETÓRIAS DO ENSINO NO BRASIL: CRISES HERDADAS E FUTURO INCERTO. Alamedas, [S. l.], v. 6, n. 2, 2018. DOI: 10.48075/ra.v6i2.17303. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/alamedas/article/view/17303. Acesso em: 6 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios