TEÓRICO, POLÍTICO E HISTÓRICO: UMA DISCUSSÃO SOBRE A ABORDAGEM MARXIANA DO CONCEITO DE CLASSES SOCIAIS

Autores

  • Marco Aurelio de Oliveira Leal Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.48075/ra.v7i1.22476

Palavras-chave:

Marx, classes sociais, marxiana,

Resumo


Análises desenvolvidas por Marx no século XIX ainda suscitam debates e colocam em discussão diversas categorias marxianas que não foram conceituadas em sua plenitude. Aqui trataremos de um desses conceitos, as Classes sociais. Proponho uma leitura do conceito de Classes proposto por Marx em três obras distintas e que são consideradas essenciais para a compreensão de sua teoria: O Capital, O Manifesto Comunista e O 18 de Brumário de Luís Bonaparte. Apesar de possuírem objetivos diferenciados, acredito que as três obras possuem elementos de confluência em sua argumentação sobre as classes sociais. Tento com isso promover um trabalho de caráter panorâmico, mas dotado de um esforço teórico com intuito de alargar as possibilidades de uso das categorias marxianas, em especial ao que concerne o estudo das classes sociais.

Biografia do Autor

Marco Aurelio de Oliveira Leal, Universidade Federal de Pernambuco

Atualmente é mestrando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Pernambuco (PPGS-UFPE). Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco. Possui interesses nas áreas de Pensamento Social Brasileiro, Sociologia Política e Sociologia do Consumo.

Downloads

Publicado

05-08-2019

Como Citar

LEAL, M. A. de O. TEÓRICO, POLÍTICO E HISTÓRICO: UMA DISCUSSÃO SOBRE A ABORDAGEM MARXIANA DO CONCEITO DE CLASSES SOCIAIS. Alamedas, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 25, 2019. DOI: 10.48075/ra.v7i1.22476. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/alamedas/article/view/22476. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios