A influência das atividades extracurriculares na empregabilidade do egresso do curso de Secretariado Executivo Trilíngue da Universidade Federal de Viçosa

Autores

  • Gabriela Carneiro Marques Universidade Federal de Viçosa
  • Reinaldo Antônio Bastos Filho Universidade Federal de Viçosa
  • Alessandro Carlos Silva Junior Universidade Federal de Viçosa
  • Adriana Pereira Costa Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.48075/revex.v20i3.22082

Palavras-chave:

Atividades extracurriculares. Empregabilidade. Secretariado Executivo.

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo analisar a relação entre a participação em atividades extracurriculares e a empregabilidade dos egressos do curso de Secretariado Executivo Trilíngue da Universidade Federal de Viçosa (UFV). Por meio de cálculo amostral e um questionário semiestruturado aplicado aos egressos do curso, que se graduaram a partir do ano de 2006, foi possível verificar as atividades extracurriculares realizadas por eles durante a graduação e quais contribuíram para suas formações profissionais. Portanto, analisaram-se, as principais habilidades desenvolvidas como decorrentes da participação em tais atividades. Ademais, foram identificadas as competências consideradas pelos participantes como essenciais para a inserção no mercado de trabalho. A partir da análise dos dados, foi possível constatar que as vivências nas atividades extracurriculares influenciaram positivamente na empregabilidade desses egressos, uma vez que puderam desenvolver habilidades consideradas como necessárias ao perfil profissional procurado pelos empregadores. ABSTRACTThe present study aimed to analyze the relationship between the participation in extracurricular activities and the employability of the graduates of the Trilingual Executive Secretariat course of Universidade Federal de Viçosa (UFV).  Through a semistructured questionnaire, that was administered to the interviewed, that graduated after the year of 2006, it was possible to verify the extracurricular activities that they participated in while they were students, and which of those activities contributed to their vocational training. The main abilities developed resulting from the participation in such activities were also evaluated. Furthermore, the skills considered essential for them to enter the job market were identified.  From the analysis of the data, it was possible to confirm that the involvement in extracurricular activities positively influenced their employability, once they were able to develop abilities required by the employers nowadays. 

Biografia do Autor

Gabriela Carneiro Marques, Universidade Federal de Viçosa

Bacharela em Secretariado Executivo Trilingue - UFV

Reinaldo Antônio Bastos Filho, Universidade Federal de Viçosa

Bacharel em Administração Pública - UFOPMestre em Adminsitração - UFVDoutor em Economia Doméstica - UFVProfessor do Departamento de Ciências Gerenciais da UEMG

Alessandro Carlos Silva Junior, Universidade Federal de Viçosa

Graduando em Administração - UFVMestrando em Administração - UFV

Adriana Pereira Costa, Universidade Federal de Viçosa

Bacharela em Secretariado Executivo Trilingue - UFVGraduanda em Design de Interiores - UnifranGraduanda en Publicidade e Propaganda - UEMG 

Referências

AZEVEDO, I.; COSTA, S. I. Secretária: um guia prático. 6. ed. São Paulo: Senac São Paulo, 2006.

BENNETT, D. Graduate employability and higher education: Past, present and future. HERDSA Review of Higher Education, v. 5, p. 31-61, 2018

BRASIL. Lei de Regulamentação da Profissão Nº. 7377, de 30/09/85. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L7377.htm. Acesso em: 03 abr. 2018.

BRASIL. Lei de Regulamentação da Profissão Nº. 9261, de 10/01/96. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9261.htm#art1. Acesso em: 03 abr. 2018.

BRUN, A; CECHET, G; NEUMANN, S. Gestão secretarial: a evolução das funções do profissional de secretariado e a efetividade da inteligência emocional nos processos de trabalho. Revista do Secretariado Executivo, p. 36-51, n. 8, 2012.

CAMELO, M. R.; MARCIÃO, M. I. R. Empregabilidade e qualidade dos graduados no ensino superior no Brasil. International Journal of Information Research and Review, v. 6, n. 9, p.6447-6451, 2019.

CAMPOS, K. C. L. Construção de uma Escala de Empregabilidade: definições e variáveis psicológicas. Estudos de Psicologia. v. 28, n. 1, 45-55, 2011.

CIELO, I. D.; SCHMIDT, C. M.; KÜHN, M. K. S. A empregabilidade do profissional de Secretariado Executivo: uma análise empírica na Unioeste – Campus de Toledo. Revista Expectativa, v. 9, n. 9, p. 9-24, 2010.

FERREIRA, J. A.; ALMEIDA, L. S.; SOARES, A. P. C. Adaptação acadêmica em estudante do 1º ano: diferenças de género, situação de estudante e curso. Psico-USF, Bragança Paulista, v.6, n.1, p.1-10, 2001.

FIOR, C. A.; MERCURI, E. Formação universitária: o impacto das atividades não obrigatórias nas mudanças pessoais dos estudantes. In: MERCURI, E.; POLYDORO, S.A.J. (Orgs.). Estudante universitário: características e experiências de formação. Taubaté: Editora Cabral, 2003.

FIOR, C. A.; MERCURI, E. Formação universitária e flexibilidade curricular: importância das atividades obrigatórias e não obrigatórias. Psicologia da Educação, n. 29, p. 191-215, 2009.

FLEMING, S. C. R. Envolvimento acadêmico e autoeficácia na transição para o trabalho: um estudo com universitários concluintes. 2015. Dissertação (mestrado em Psicologia) - Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2015.

FRAGOSO, A.; VALADAS, S. T.; PAULOS, L. Ensino superior e empregabilidade: Percepções de estudantes e graduados, empregadores e acadêmicos. Educ. Soc., Campinas, v.40, p. 1-17, 2019.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA – INEP. Censo da Educação Superior, 2016. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/web/guest/censo-da-educacao-superior. Acesso em: 24 ago. 2018.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA – IPEA. Radar: tecnologia, produção e comércio exterior. 2009-2012. Diretoria de Estudos e Políticas Setoriais, de Inovação, Regulação e Infraestrutura. Brasília, n. 1, 2013.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Metodologia Científica: Ciência e conhecimento; métodos científicos; teoria, hipóteses e variáveis; metodologia jurídica. São Paulo: Editora Atlas, 2006.

LAMAS, K. C. A.; AMBIEL, R. A. M.; SILVA, B. T. A. O. L. Vivências acadêmicas e empregabilidade de universitários em final de curso. Temas em Psicologia, v. 22, n. 2, p. 329-340, 2014.

LAU, H. H.; HSU, H. Y.; ACOSTA, S.; HSU, T. L. Impact of participation in extra-curricular activities during college on graduate employability: an empirical study of graduates of Taiwanese business schools. Educational Studies, v. 40, n. 1, p. 26-47, 2014.

MACHADO-TAYLOR, M. L.; ROLIM, C. Empregabilidade e competências de graduandos do ensino superior: um estudo para Portugal. RAES, v. 11, n. 19, p. 13-29, 2019.

MARTINS, G. A. Manual para elaboração de monografia as e dissertações. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

MINARELLI, J. A. Empregabilidade: o caminho das pedras. São Paulo: Gente, 1995.

MONTEIRO, S.; ALMEIDA, L. S. “It’s a very different world”: work transition and employability of higher education graduates. Higher Education, Skills and Work-Based Learning, v. 10, n. 3, 2020.

MONTEIRO, S.; FERREIRA, J. A.; ALMEIDA, L. S. Self-perceived competency and self-perceived employability in higher education: the mediating role of career adaptability, Journal of Further and Higher Education, v. 44, n. 3, p. 408-422, 2020.

OLIVEIRA, C. T. D.; SANTOS, A. S.; DIAS, A. C. G. Percepções de estudantes universitários sobre a realização de atividades extracurriculares na graduação. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 36, n. 4, p. 864-876, 2016.

REIS, L. L.; BRITO, L. M. D.; VIEIRA, M. M.; SILVA, L. L. D. Intercâmbios culturais e a formação acadêmica de estudantes do curso de Secretariado Executivo Trilíngue da UFV. Revista Expectativa, v. 12, n. 1, p. 55-76, 2013.

RODRIGO, J. Estudo de caso: fundamentação teórica. Brasília, DF: Vestcon Editora Ltda., 2008, p. 3.

RODRIGUES, M. T. O processo de trabalho da Secretária Executiva. In: CARVALHO, A. P. (Org.). Talentos Brasileiros do Secretariado Executivo. São Paulo, 2004.

RODRIGUES, A. A.; ROSA, J. S.; FERKO, G. P. S.; MELO, M. M. B. Empregabilidade Profissional: O Secretariado Executivo em Foco na Amazônia Setentrional. Revista de Gestão e Secretariado, v. 7, n. 3, p. 66-95, 2016.

SABINO, R. F.; ROCHA, F. G. Secretariado - do escriba ao web writer. São Paulo: Editora Brasfort, 2004.

SERENO, M. F. G. O curso de Secretariado Executivo da UFV: uma abordagem histórica. 2016. 95 f. Monografia (graduação em Secretariado Executivo) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, Minas Gerais, 2016.

SILVA, R. S.; NASCIMENTO, I. O psicólogo no ensino superior: a investigação-ação para o desenvolvimento das competências transversais dos estudantes. In: CONGRESSO IBEROAMERICANO DE PSICOLOGIA, 9. CONGRESSO ORDEM DOS PSICÓLOGOS PORTUGUESES, 2. Anais [...]. 2014.

STACHIU, M.; TAGLIAMENTO, G.; POLLI, G. M. Empregabilidade e carreira de universitários: uma visão da psicologia social comunitária. Boletim-Academia Paulista de Psicologia, v. 38, n. 94, p. 15-25, 2018.

UFV. Curso de Graduação em Secretariado Executivo Trilíngue. Disponível em: http://www.secretariadoexecutivo.ufv.br. Acesso em: 24 ago. 2018.

YIN, R. Estudo de Caso. Planejamento e Métodos. Porto Alegre: Bookman, 2005.

ZILIOTTO, D. M.; BERTI, A. R. A aprendizagem do aluno inserido em empresa júnior. Revista Conexão UEPG, v. 8, n. 2, p. 210-217, 2012.

ZULAUF, M. Ensino superior e desenvolvimento de habilidades para a empregabilidade: explorando a visão dos estudantes. Sociologias, v. 8, n. 16, p. 126-155, 2006.

Downloads

Publicado

29-07-2021

Como Citar

MARQUES, G. C.; BASTOS FILHO, R. A.; SILVA JUNIOR, A. C.; COSTA, A. P. A influência das atividades extracurriculares na empregabilidade do egresso do curso de Secretariado Executivo Trilíngue da Universidade Federal de Viçosa. Revista Expectativa, [S. l.], v. 20, n. 3, p. 1–21, 2021. DOI: 10.48075/revex.v20i3.22082. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/expectativa/article/view/22082. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Seção - Secretarial