A Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher na Faixa de Fronteira: em Busca da Visibilidade

Autores

  • Licio Caetano do Rego Monteiro UFF
  • Pedro Aguiar Tinoco do Amaral UFRJ

Palavras-chave:

Violência contra a mulher, Faixa de Fronteira, Segurança pública

Resumo


Iniciativas recentes de atuação da Secretaria de Políticas para Mulheres em cidades gêmeas da Faixa de Fronteira têm chamado atenção para um problema que possui pouca visibilidade quando se trata de segurança pública nas fronteiras: a violência contra as mulheres. Mesmo com o reforço das redes de enfrentamento a esse tipo de violência, ao longo dos anos 2000, a realidade dos municípios da Faixa de Fronteira ainda se encontra bastante deficitária em relação à presença de instituições orientadas para a proteção de mulheres em situações de vulnerabilidade e violência. A presente pesquisa apresenta o mapeamento da atual rede de proteção às mulheres com dados do Perfil Municipal (IBGE, 2012) e a iniciativa de criação de Centros Especializados de Atendimento a Mulheres em cidades gêmeas a partir de 2013. A pesquisa apresenta algumas informações levantadas ao longo de dois projetos desenvolvidos no âmbito da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP): a Pesquisa sobre Segurança Pública nas Fronteiras (UFRJ/NECVU/Retis, 2013) e a consultoria de mapeamento de políticas públicas na Faixa de Fronteira (PNUD/SENASP, 2014).

Downloads

Publicado

31-03-2017

Como Citar

DO REGO MONTEIRO, L. C.; AGUIAR TINOCO DO AMARAL, P. A Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher na Faixa de Fronteira: em Busca da Visibilidade. Perspectiva Geográfica, [S. l.], v. 11, n. 15, p. 143–151, 2017. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/pgeografica/article/view/16594. Acesso em: 30 jun. 2022.