Mapeamento de Nascentes e da Área de Preservação Permanente no Município de Céu Azul – PR

Autores

  • Daiane Teixeira Schier
  • Anderson Sandro da Rocha

Palavras-chave:

Conflitos de uso da terra, Geoprocessamento, Preservação.

Resumo


O uso exploratório do meio ambiente aliado à carência de um planejamento ambiental acarreta em diversas alterações do meio natural, diante disso, as técnicas de geoprocessamento vêm sendo utilizada como instrumento para o monitoramento e fiscalização de ambientes. Sendo assim, o presente estudo visou à elaboração do mapeamento de nascentes e da área de preservação permanente no município de Céu Azul, identificando os principais conflitos de uso e propondo medidas mitigatórias nas áreas que não apresentam o raio de preservação permanente de acordo com a legislação vigente. A identificação das nascentese de suas áreas de preservação, bem como a elaboração do mapa de uso e cobertura da terra foram desenvolvidos no software Google Earth Pro e confirmadas com visitas a campo. Com o mapeamento, verificou-se que das 71 nascentes presentes na área de estudo apenas 9 estão totalmente protegidas por vegetação, ou seja, 12,67% do total, o restante apresenta conflito de uso principalmente com a pastagem, contribuindo para o assoreamento e contaminação dos corpos d’água.

 

Downloads

Publicado

19-03-2018

Como Citar

TEIXEIRA SCHIER, D.; DA ROCHA, A. S. Mapeamento de Nascentes e da Área de Preservação Permanente no Município de Céu Azul – PR. Perspectiva Geográfica, [S. l.], v. 12, n. 17, p. 181–193, 2018. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/pgeografica/article/view/19101. Acesso em: 19 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos