A Conservação da Mansão Vila Hilda, do Colégio Regente Feijó e da Estação Paraná: um Princípio Fundamentado pela Sociedade

Autores

  • Maiara Garbuio

Palavras-chave:

Patrimônio cultural, Paisagem, Conservação.

Resumo


O presente estudo teve o objetivo de conhecer o desempenho da conservação dos patrimônios culturais da Mansão Vila Hilda, do Colégio Regente Feijó e da Estação Paraná ─ todos em Ponta Grossa/PR, a fim de apontar os elementos da gestão social que o influencia. A verificação desse desempenho se deu mediante análise comparativa por meio de fotografias de 1990 e de 2017, de documentos dos últimos 27 anos (1990 – 2017) e de relatos de agentes envolvidos no assunto. Nesse aspecto, a pesquisa buscou identificar os pontos determinantes para a conservação do patrimônio cultural com intuito da promoção deste e de outros tipos de conservação, para que, assim, haja uma compreensão da total atuação da sociedade nessa importante ferramenta patrimonial.

Downloads

Publicado

17-04-2018

Como Citar

GARBUIO, M. A Conservação da Mansão Vila Hilda, do Colégio Regente Feijó e da Estação Paraná: um Princípio Fundamentado pela Sociedade. Perspectiva Geográfica, [S. l.], v. 13, n. 18, p. 15–31, 2018. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/pgeografica/article/view/19341. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos