Resistência e Cultura: A Trajetória Guarani na Luta pela Terra no Oeste do Paraná

Autores

  • Léia Patek de Souza

Palavras-chave:

Guarani, Propriedade, Cultura, Luta pela Terra

Resumo


O trabalho visa analisar, a partir de entrevista realizada com o indígena Guarani Adriano Benites, alguns aspectos da resistência Guarani frente aos conflitos na luta pela demarcação de terras. Partimos da contextualização sobre a presença dos Guarani no Oeste do Paraná e seus modos de vida e tradições, que serão contrastados com o processo de colonização da região e os ideais que o guiaram. Versaremos sobre o papel das diferentes concepções de uso e propriedade da terra nos conflitos existentes entre agricultores e Guaranis na região Oeste do Paraná. A partir da narrativa de vida produzida por Adriano, analisaremos a ação dos Guarani enquanto sujeitos políticos, afim de lançar luz sobre as alterações que exerceram em sua lógica de vida na luta pelo direito à terra, buscando compreender com quais sentidos podemos enxerga-los lançando mão da perspectiva da aculturação. As reflexões aqui desenvolvidas são fruto de minha participação na pesquisa "Colonização, Propriedade e Projetos Agrícolas no Paraná (Segunda Metade do Século XX)", coordenada pelo Prof. Dr. Marcos Nestor Stein. A pesquisa é vinculada ao INCT- História Social das Propriedades e Direitos de Acesso e à Rede Proprietas e financiada pelo CNPq e Capes

Downloads

Publicado

11-02-2020

Como Citar

PATEK DE SOUZA, L. Resistência e Cultura: A Trajetória Guarani na Luta pela Terra no Oeste do Paraná. Perspectiva Geográfica, [S. l.], v. 14, n. 20, p. 2–15, 2020. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/pgeografica/article/view/24023. Acesso em: 3 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos