TRISTE FIM DE POLICARPO QUARESMA ENTRE OS ASPECTOS ESTRUTURAIS: UMA ANÁLISE SOCIOLÓGICA DA OBRA BARRETIANA

Autores

  • Maria Betânia da Rocha de Oliveira Universidade Estadual de Alagoas Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.48075/rlhm.v13i22.17551

Palavras-chave:

Análise Estrutural, Lima Barreto, Romance Social.

Resumo


Este trabalho objetiva analisar o romance Triste fim de Policarpo Quaresma (2002) de Lima Barreto em seus aspectos estruturais, sociais e históricos. E, nessa perspectiva busca apresentar as questões referentes à narrativa literária a partir dos questionamentos sobre a natureza conceitual e estrutural da obra em sua relação com o contexto social e histórico expresso na obra. Nessa perspectiva, objetiva apresentar a forma como os elementos estruturais da narrativa constroem uma história de representação de mundo por meio do personagem protagonista que circula em um espaço ficcional da realidade brasileira. Para garantir a unidade textual, esta pesquisa expõe, inicialmente, um breve relato sobre as várias concepções da narrativa e a importância de seus elementos estruturais para a composição da unidade romanesca e, logo após a apresentação das questões gerais, inicia a análise do romance. Todo o trabalho seguiu a fundamentação teórica de: Barthes (1973), Propp (1983), Genette (1976),  Todorov (1976), Brait (2010), Goldmann (1976), entre outros.

Biografia do Autor

Maria Betânia da Rocha de Oliveira, Universidade Estadual de Alagoas Universidade Estadual de Maringá

Possui graduação em Letras (1989), é Especialista em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa com Mestrado em Literatura Brasileira (2005). Está matriculada como estudante do Curso de Doutorado em Estudos Literários na Universidade Estadual de Maringá (Dinter). Atualmente, é Professora-Assistente da Universidade Estadual de Alagoas, onde leciona as disciplinas de Língua e Literatura no Curso de Letras, localizado em São Miguel dos Campos; no Campus IV. É integrante do Grupo de Pesquisa em Estudos Literários (registrado no Diretório Nacional dos Grupos de Pesquisa do CNPq e certificado pela UNEAL) onde coordena e orienta a linha de pesquisa LIMALAZ: Literatura e o Materialismo Lacaniano de Žižek. Organiza e coordena Eventos científicos. Ministra, atualmente o curso "Ler e Escrever sem Doer - o português nosso de cada dia" para os professores lotados na 2ª Gerência Regional de Ensino - GERE.

Downloads

Publicado

31-12-2017

Como Citar

DA ROCHA DE OLIVEIRA, M. B. TRISTE FIM DE POLICARPO QUARESMA ENTRE OS ASPECTOS ESTRUTURAIS: UMA ANÁLISE SOCIOLÓGICA DA OBRA BARRETIANA. Revista de Literatura, História e Memória, [S. l.], v. 13, n. 22, p. 313–329, 2017. DOI: 10.48075/rlhm.v13i22.17551. Disponível em: https://saber.unioeste.br/index.php/rlhm/article/view/17551. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

PESQUISA EM LETRAS NO CONTEXTO LATINO-AMERICANO E LITERATURA, ENSINO E CULTURA